domingo, 2 de abril de 2017

Prosa no Divã por Leandro Salgentelli: Tempo é dinheiro


Se quem me coloca em grupos no Whatsapp soubesse o tamanho da minha fúria. Grrrrr.
Se quem escreve “Oi, tudo bem?” no Messenger e não diz logo o que quer soubesse o tamanho do incômodo.
Se as pessoas soubessem o constrangimento que é o aplicativo “Cutucar” no Facebook.
Se quem tira foto do prato de comida, do gato que mia, do rato que aparece soubesse o tamanho da inutilidade que há nisso.
Se quem é defensor do “politicamente correto” e do moralismo fora de hora intuísse o quanto são hipócritas e que ninguém está prestando atenção no que estão dizendo.
Se quem escreve bom-dia, boa-tarde, boa-noite nas redes sociais cumprimentasse todas as pessoas que vissem nas ruas.
Se quem posta uma foto mostrando o corpo, mostrando a bunda, mostrando o músculo soubesse que daqui a 20 anos nada disso terá valor, e que, portanto, é preciso conhecimento.
Se todos os famosos da internet dessem conta de que amanhã serão esquecidos.
Se esses empresários e palestrantes da internet admitissem que seus vídeos são inúteis e que o que realmente querem é se tornar famosos e ter lucro.
Se quem posta vídeos nas redes sociais mostrando brigas e xingamentos soubesse o quanto é deselegante e desrespeitoso.
Se quem usa o anonimato para expressar o espírito de porco que há em si, expressando a miséria intelectual com preconceitos e xingamentos soubesse que personagem nenhum se sustenta por muito tempo e que qualquer hora dessas vão ter que pagar pelos próprios atos.
Se quem manda indireta entendesse que ninguém está se importando com o que você pensa a respeito do outro.
Se quem pede likes em fotos percebesse que são um bando de tolos à procura de nada.
Se esse texto fosse lido.
Se erro gramatical fosse aceito, mas tivesse pelo menos conteúdo.
Se a maioria das pessoas deixassem de ser exibicionista e desse valor ao vinho que toma sem precisar do like.
Se quem passa o dia todo no Facebook, no YouTube, Whatsapp&Cia soubesse que a vida não se ressume a isto.
Se as pessoas dessem conta que tempo é dinheiro e o tempo que se perde nas redes sociais é um desperdício imperdoável.
Se as fotos que postam no Face não saíssem tremidas.
Se todos, sem exceção, parassem e refletissem sobre isso.

Leandro Salgentelli

Leandro.salgentelli@outlook.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.