sábado, 4 de fevereiro de 2017

Pronto, Falei! - O Ódio, Pode Ser Maior Que A Solidariedade?


Hoje, resolvi  fugir um pouco do mundo literário, e vir para o mundo real, infelizmente, real! 

Nos últimos dias, jornais, revistas, emissoras de tv e sites noticiaram a morte de Marisa Leticia, a ex-primeira dama do Brasil, esposa de Luiz Inácio Lula da Silva. Foi uma perda imensa para a família, amigos e quem acompanhava o casal, um momento que em outros tempos geraria comoção geral, mas dessa vez foi diferente.  

Em todas as postagens que noticiavam o caso grave até a morte de Marisa, me vi lendo comentários ofensivos e verdadeiros discursos de ódio contra alguém que lutava para viver. Em um dos comentários, algo que me chocou bastante foi: "Deveria já ter morrido, e levasse a família junto". Em outro, uma mulher discursava que ela devia ter ido para o inferno há muito tempo. Esses e muitos outros destoavam do verdadeiro sentimento que devia existir nesse momento: solidariedade. 

Neste momento todos deviam deixar aflorar o ser humano, aquele que acolhe quem está sofrendo, aquele que abraça que está passando por um momento como esse. Neste momento, partidos, disputas politicas, divergências e tudo mais, deveria ser esquecido, pois quem estava partindo não era apenas a ex-primeira dama, que estava sofrendo um processo, mas era a mãe, a esposa, a dona de casa, a filha, a irmã. Será que neste momento todo o ódio, a ira, a revolta, o partido politico e tudo mais não poderia ser esquecido? 

Eu não reconheço mais a sociedade, não reconheço mesmo. E não é só isso, fui ver alguns perfis de quem discursava o ódio e a intolerância e encontrava frases de amor a Deus, fotos na igreja, e todo o "amor" ao próximo. Como podemos chamar isso? Hipocrisia? Sim. Você não pode amar a Deus, se não consegue amar o próximo e acolhe-lo quando ele está sofrendo. Não pode amar a Deus e discursar torcendo pela morte de alguém e dizer: Já foi tarde. Desculpe, mas você não pode amar a Deus, espalhando o ódio. 

Desculpem o desabafo, mas não podia ficar com tudo isso engasgado aqui.  Esqueçamos o partido, esqueçamos as divergências, e acolhamos quem precisa do nosso apoio. Não falo isso apenas pela morte de D. Marisa, mas para qualquer pessoa que precisa apenas de uma palavra de carinho. Será que o ódio poder ser maior que o amor e solidariedade? 

Nesses momentos, queria não ter aprendido a ler. 
"Minha Galega,  
Agora o céu ganhou a estrela que iluminou minha vida.  

Lula"
FOTO: RICARDO STUCKERT

23 comentários:

  1. Concordo com tudo isso que você falou. É uma pena que exista pessoas assim.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Salvattore!
    Não cheguei a ver os comentários e nem fui atrás. Só ouvi falar que muitas pessoas estavam por aí disseminando o ódio. Não consigo imaginar o que se passa na cabeça delas. Certeza que muitas acreditam em Deus, e Deus não prega esse tipo de coisa.
    Me sinto muito triste por viver em um mundo assim. :'(
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Estava pensando sobre isso hoje de manhã, a que ponto chegou o mundo não ? Falta respeito, falta empatia, falta tudo. Não entendo mesmo. Fico pensando que mundo meus filhos vão encontrar. Triste demais.
    Parabéns pelo post.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Concordo que tem que se ter a solidariedade que a mulher fez muita merda fez, e eu acho que deveria sim pagar por tudo, mas quem vai pagar somos nós pelos roubos que cometeram né. Mas nessa hora concordo que tem que ser haver uma paz,é um momento dificil para todos, pena que nem todo mundo pensa assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fez ou não, cabe a justiça julgar...Exstem vivos que estão ai no poder ainda fazendo...

      Excluir
  5. Oiee ^^
    Nesse momento, queria não ter aprendido a ler 2. Também fiquei chocada com os discursos de ódio que vi nos sites de notícia. Será que não percebem que, além de esposa de um político desonesto, ela era um ser humano? Alguém com sonhos, alguém com filhos, que sorria, que respirava, que sentia dor? Fico chocada e tão decepcionada quando vejo algo assim, e dá aquele desânimo e vergonha de ser humana *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Hoje, as pessoas lançam seus discursos e pensamentos independente da situação, pois todos acreditam que tem o poder e o direito de julgar alguém, o que sabemos não ser verdade. Lamentável. Um pouco de empatia com o próximo cairia muito bem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Uau, o texto foi lindo. Não sou religioso, mas não é nada difícil perceber que você está sendo muito sensato. Parabéns!
    "Eu não reconheço mais a sociedade, não reconheço mesmo."2

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente as pessoas estão perdendo sua humanidade, agindo de forma egoísta e narcisista, dispostas a gritarem certezas e não abertas ao diálogo.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Infelizmente, com toda essa situação da D. Marisa, eu percebi o pior nas pessoas. O povo brasileiro anda tão bitolado com isso de política, acho que sofreram uma lavagem cerebral, que simplesmente perdeu o amor pelo próximo! Tenho vergonha de falar que faço parte desse povo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oii!
    Parabéns pelo post!
    EU não vi tais comentários, pois mal entrei nas redes sociais no dia. Ainda assim, imaginei que pudesse ter coisas do tipo. A sociedade sabe ser muito cruel! É muito triste.
    Concordo com tudo o que disse!

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Achei uma falta de educação da partes de muitos querer denigrir uma pessoa por causa de posição política. Adorei o seu post, muitos devem ler e aprender a ter amor e respeito pelo próximo!

    http://desencaixados.com/

    ResponderExcluir
  12. É muito estranho ver como a política parece ser mais importante que os valores humanos, as pessoas deixam de respeitar só pra sobrepor a sua opinião, isso é uma pena, fico abismada com essa situação. Seu texto foi muito sincero.

    ResponderExcluir
  13. Eu concordo e compreendo absolutamente tudo o que você escreveu nesse texto. Mas acho que cada um responde por si e ao mesmo tempo que a tal D. Marisa e sua família estava sofrendo, também existem diversas pessoas e famílias sofrendo e que ainda sofrem por conta das coisas que essa senhora e seu marido fez. Não estou aqui para fazer nenhum discurso de ódio contra essa situação, e nem me envolvo em nada do tipo pela internet ou qualquer outro meio. Porém não consigo sentir qualquer sentimento de compaixão por essas pessoas que em vida, não pensam antes de fazer o mau para o próximo, afinal as ações dela junto ao marido tb tirou a vida de muitas pessoas.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  14. Olha, também fiquei chocada com uns comentários que vi por aí, acho que as pessoas perderam completamente a noção das coisas, é muito triste ver o ódio vencendo a solidariedade e a compaixão. Não é um momento fácil pra ninguém mas as atitudes que muitas pessoas tiveram decididamente não levam a nada, a não ser a mais ódio.

    ResponderExcluir
  15. Não acompanhei os comentários feitos, mas imaginei que isso ocorreria. Pode parecer frio da minha parte, mas o fato em si não despertou nenhum tipo de compaixão ou empatia. Não é porque morreu que virou santa, até porque as ações dela em conjunto com outros, causaram a morte de muita gente, e outras tantas estão sofrendo na pele. Assim como não acho certo comentários desnecessário e cheios de ódio, também não acho certo o sr. Lula usar o fato para se vitimizar. Foi uma fatalidade que pode acontecer com qualquer um. De minha parte gostaria de ver todos pagando em vida mesmo e não desejo a morte de ninguém. Entendo sua opinião, assim como entendo a revolta de muitos, e não acho que seja por conta de ideologias políticas, mas resultado de uma descrença e revolta que os próprios protagonistas em questão causaram.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá!!
    Fico impressionada com o tanto que os brasileiros confundem as coisas... Independente de qualquer cenário político, é uma pessoa, esposa, mãe, companheira de tantos anos que se foi.
    Acho que além de solidariedade, falta empatia. Falta se colocar no lugar do outro para compreender a sensação de ouvir essas palavras de ódio.
    Sinto muito ao perceber a que ponto chegamos...
    Ótima reflexão!
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Adorei o texto, muito reflexível, realmente a sociedade de hoje é triste, tantas coisas que acontecem e me deixa completamente indignada.
    Parabéns pelo texto, muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  18. Oie
    muito legal o texto, nos faz refletir bastante e pensar sobre nmossas vidas e o que estamos fazendo para mudar o mundo e os outros, parabéns pelo post

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Concordo. Atualmente estamos vivendo uma crise de humanidade. Não existe mais HUMANIDADE nas pessoas. E pessoas que, como você citou, são acostumadas a postar coisas e Deus em suas redes e ainda espalharam seu ódio, com certeza não estão fazendo o que Ele quer. Mas uma coisa é certa, a morte dela não faz dela uma santa. Ela não pagou com a justiça que merecia aqui, mas da justiça de Deus ela não vai escapar mesmo, viu!
    Boa iniciativa o texto.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Veja onde chegou a sociedade. É o que eu sempre digo nas rodas de discussão: o problema da sociedade é a hipocrisia. As redes sociais são um palco para disseminação do ódio e da dissimulação. As reações sobre a morte da Marisa, foi simplesmente ridículo e doentio, feito por pessoas que se jugam corretas por estar todos os domingos de manhã na igreja, que não dorme sem fazer suas orações, mas que no seu tempo livre, está nas redes sociais julgando as pessoas. Eu só lamento muito por termos que conviver com seres medíocres como esses. É triste e revoltante, entendo seu desabafo.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  21. Olá
    Gente você me deixou de boca aberta com seu desabafo porque realmente pessoas com esses tipos de comentários não se poe no lugar de uma pessoa que acaba de perder um ente querido, ninguém pensa na dor da pessoa, se bote no lugar dessa pessoa nesse momento de dor, essa sociedade está ficando tão escrupula que eu não sei como será daqui pra frente.

    Beijos
    Biblioteca Desajeitada

    ResponderExcluir
  22. Trabalho com a pessoa mais vulnerável que existe em nossa sociedade: a pessoa em situação de rua. e, por isso, todo o ódio que vimos ser direcionado ao partido político na forma da esposa do "verdadeiro capeta vermelho" não me surpreendeu. Nossa sociedade está doente, pois quer destruir o mais desamparado e transformá-lo em adubo (já ouvi isso da elite sobre as pessoas em situação de rua), pois assim seriam úteis.

    A caça as bruxas ao partido foi injustificada. O ódio direcionado a essas pessoas nada mais é que a única forma de atingi-las e feri-las da pior maneira possivel, em seus momentos mais frágeis. A sociedade está apodrecendo...

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.