sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Tips&Tricks por Delson Neto: Como Surge Uma História?

Oi, gente! 
Tudo bem com vocês? 

Estou aqui de novo. Mas de novo? Não era só a cada quinze dias? 

Era, do verbo não é mais haha 


Salvattore me convidou para postar semanalmente agora do Tips & Tricks e  mega feliz com isso! 

Vai ser assim: em uma semana falo um pouco de leitura, dicas de livros e afins, na outra sobre o processo criativo do escritor – trazendo uma pincelada sobre as minhas obras e como as trouxe ao mundo. 

Claro que para iniciar essa parte não poderia ser diferente: vou mostrar pra vocês onde 'Os Guerreiros de Alquemena' - a minha saga de fantasia – começou, até ela se tornar 'A Jornada de Lorenai', o primeiro volume que foi lançado através da Editora Arwen. 

Minha história com a criação desse livro começou muito antes de eu pensar em editora, mercado editorial, leitores então? Nossa, isso parecia coisa de televisão! Eu tinha oito anos quando esse universo veio até mim. Ele surgiu da minha necessidade de escapar da realidade – eu estava cansado de brincar com as mesmas coisas, cansado do mundo de carne e osso, além de diversos problemas dentro de casa. Aproveitei a infância ao máximo, acho que até meados dos 14 anos eu ainda brincava (sério), e não há vergonha nisso, pois foi essa criança que me fez criar histórias para que todos possam ler agora. 

  
No começo, Os Guerreiros de Alquemena era uma brincadeira de interpretação: eu era todos os personagens, performava as lutas, fazia os sons das espadas, das guerras e criaturas. Meus pais, coitados, conviviam com os constantes barulhos de uma criança que pulava de um lado pro outro a noite toda. Inspirado principalmente por desenhos animados no começo, Uthophya foi tomando forma, baseado em 'A Caverna do Dragão', 'Cavaleiros do Zodíaco' e até algumas pitadas de 'Avatar: A Lenda de Aang'. 

  

  
Quando a criatividade começou a sair do controle, senti necessidade de colocar as coisas no papel. Eu precisava registrar aquilo tudo. As ordens dos acontecimentos, o rosto dos personagens, como eram as armas e como era a própria Lorenai. Tudo foi surgindo de maneira muito intuitiva, de repente, quilos de desenhos se amontoaram nas minhas pastas! E os guardo até hoje, inclusive, foram os materiais de consulta para a construção do livro! 
  


Em meio a esses cadernos e tentativas de ilustrações (risos) eu encontrei aquele que seria meu primeiro livro. Eu já escrevia na época em que decidi tornar Os Guerreiros de Alquemena uma história propriamente escrita, até já tinha um livro pronto, mas nenhum projeto seguia muito em frente. Então vi a chance de seguir com algo, com um sonho. A história sempre esteve ali: eu só não tinha coragem em transformá-la em algo maior. 
  
  
Aos poucos, fui lapidando esse diamante bruto, e ele está em constante trabalho. Essa parte da coluna de hoje é uma introdução de tudo que quero mostrar pra vocês desse processo: desde quando minhas histórias surgiram, as ideias, os esboços. Espero que tenham gostado! Minha dica para as próximas matérias é: deem uma olhadinha no livro lá no Wattpad! O livro físico está à venda na Editora Arwen, mas vocês podem ter um gostinho através desses links: 


  
A Bolsa de Contos de Naví  
Os contos que apresentam os personagens, exclusivos do Wattpad: 
Os Guerreiros de Alquemena: A Jornada de Lorenai 
Os 5 capítulos iniciais para degustação: 
  
Os Guerreiros de Alquemena: A Jornada de Lorenai 
Editora Arwen 
Espero que curtam ;) 
Beijosss 
Delson 

56 comentários:

  1. Olá
    Nossa que bacana, fico feliz pela sua vinda constante ao blog e seja muito bem vindo. Eu fico realmente muito surpreso ao ver essas pessoas que dizem: Ah, desde o útero da minha mãe eu lia livros e tal, kkkk, cara eu nunca me imaginei lendo um livro que não fosse aquela quadrinhos da Bruxa que não tem fala e você imagina tudo (era comum nas bibliotecas da escola) e cá estou eu, não apenas lendo, mas compartilhado tudo em um blog kkk. Adorei conferi todo o desenrolar até você concluir esse lvirp quebaprecer ser muito bom e tem um trabalho gráfico fodastico. Até mais ver
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Manoel! Será muito legal poder postar mais vezes aqui!
      Que bom que gostou do livro e do trabalho gráfico dele, realmente, é meu pequeno orgulho haha um dia desses conto que sempre escrevi, mas que a batalha pra gostar de ler foi difícil, muita insistência da minha mãe! hahah abraços!

      Excluir
  2. Que bacana a participação no blog, trazer um ar diferente é sempre ótimo! É muito interessante acompanhar como uma história"nasce" no autor, e como ela é capaz de persegui-lo a vida toda, até que ele a coloque no papel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Dayhara <3 esteja sempre bem-vinda a conferir a coluna!

      Excluir
  3. Oi Delson.
    que história maravilhosa e além de tudo inspiradora. Fico feliz que o que surgiu como uma brincadeira de criança tenha tomado forma e esteja alçando altos voos, desejo muito sucesso a você em sua trajetória e que nunca lhe falte o que te trouxe até aqui, força, fé e determinação são importantes, para nos fazer sair do lugar e percebo que você as tem e muito mais, parabéns e siga com seus projetos.

    http://www.nossomundoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito obrigado mesmo pelo carinho e força em suas palavras <3
      Seguimos voando!

      Excluir
  4. AAAAAAAAAAAAaaaaaaaa adorei as referencias usadas pra criar o mundo, me deu mais vontade ainda de ler <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn <3 você sempre capta as referências né Nat? hahaha

      Excluir
  5. Oie! Amei esse post super diferente e interessante principalmente para uma escritora iniciante como eu! E que capa mais linda a do seu livro! Amei como foi a sua trajetória de escrita, e os desenhos então <3
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Nay! Sucesso no início dos seus trabalhos na escrita e muita força <3

      Excluir
  6. Adivinha quem vou começar a ler amanhã mesmo?

    ResponderExcluir
  7. AAA, gente, quando eu tava lendo a parte que você narra sua infância parecia que eu estava lendo um pouco sobre a minha também! Hahaha Adoro saber os processos criativos e suas origens, além de inspirador, é uma parte do autor!
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai meu deus, se eu amo isso dos nossos mundos terem se cruzado? Amo! <3

      Excluir
  8. Aqui já é a sua casa! Amei que estará mais vezes por aqui.
    Amei a premissa da história e tudo o que você compartilhou. É muito interessante como o processo criativo se da de forma diferente pra cada pessoa.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ivi! Esteja sempre bem-vinda a coluna <3

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. OLÁ DELSON!
    ADOREI SABER UM POUCO SOBRE O SEU PROCESSO CRIATIVO DESDE A INFÂNCIA, E ESPERO QUE CONTINUE SE INSPIRANDO NAS SUAS BRINCADEIRAS E MUNDOS IMAGINÁRIOS.
    O LIVRO ESTÁ LINDO!
    UM BEIJO.

    WWW.ASMENINASQUELEEMLIVROS.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda!
      Que bom que gostou, sério e muito obrigado pelo comentário. Volte sempre aqui! <3

      Excluir
  11. Olá!
    Que bacana que o Salvattore pediu para você postar mais vezes.
    Adorei ser sua postagem de hoje e fiquei mega contente com a forma como você trabalhou o seu livro. Acho que definir como um diamante bruto que precisa ser lapidado é mais do que correto.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!
      Que bom que gostou do post e do processo. Espero que curta as próximas partes tambén <3 beijos!

      Excluir
  12. Parabéns pela coluna! E muito legal a maneira como tu construiu a tua história! Muito interessante as criações a analogias que fazes. Não sou muito fã desse tipo de livro (sou uma romântica incurável e adoro qualquer clichê água com açucar), mas é lindo ver como é importante estimularmos a imaginação das crianças!

    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luisa! Muito obrigado pelo seu comentário. Quem sabe eu explore o romance um dia também para você ler haha tenho vontade!

      Beijoss

      Excluir
  13. Olá,
    Achei super interessante saber como todo o processo de criação da obra se deu.
    Adorei as ilustrações e vejo como você foi uma criança bem criativa!
    Gosto muito de livros do gênero e torço para que tenha a oportunidade de fazer a leitura de suas obras!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michele!
      Pois é, acho que fui haha
      Muito obrigado pelo comentário, te espero aqui das próximas vezes. Se gosta de fantasia, então está no lugar certo <3

      Abraços!

      Excluir
  14. Olá!
    Estou começando nesse mundo da escrita e fiquei imensamente feliz em conhecer sua transição de ideias até se formar o primeiro livro, adoraria ver esses desenhos que foram base para um universo tão fantástico, por favor continue a contar mais sua história, vou adorar.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa! Que maravilha saber que está começando, te desejo muito sucesso. Nesta sexta vou partilhar mais um pouco sobre o processo, espero que goste. Beijo!

      Excluir
  15. Oi, Delson!
    Ainda não conhecia o seu livro, e como leitora confesso que é muito bom quando conhecemos como surgiu o processo de criatividade do autor.
    A capa do seu livro é linda, e bem instigante.

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eli! Que bom que gostou <3 espero que curta os próximos posts também. Beijão!

      Excluir
  16. Olá!

    Delson, parabéns por transformar seus sonhos em realidade. É muito importante para nós, enquanto leitores, saber como ocorre o processo de criação, a linguagem utilizada, ilustração, capa e todos os outro itens essenciais em qualquer obra. Que bem que quando a criatividade começou a sair do controle você colocou as ordens dos acontecimentos, o rosto dos personagens, e como era a própria Lorenai. E assim tudo acabou surgindo de maneira muito intuitiva. Não li o seu livro ainda, mas fica para a lista dos livros para serem lidos em 2017. Muito bom ver autores nacionais com boas histórias e boas inspirações. Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais gracioso, Nathalia! Obrigado pelas palavras e pela análise tão sutil do processo <3 de verdade. Que bom que gostou, espero ver sempre seu acompanhamento aqui. Beijão!

      Excluir
  17. Olááá´
    auau parabééns, que ótimo conhecer melhor sua obra e espero que seja só sucesso, vc já é um guerreiro por ter chegado até aqui pois não é fácil e espero que venha muitas outras obras

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadão, Catharina! Realmente, o caminho não é fácil, mas vamos aprendendo. Beijo!

      Excluir
  18. Oi.

    Ainda não conhecia a obra, mas adorei conhecer através da sua resenha. Achei muito interessante, a, a começar pela capa; gostei muito dela. Adorei também os desenhos. vou anotar a dica e quando for possível, farei a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, que bom que gostou, sério. Não deixe de acompanhar aqui, essa sexta tem mais sobre o processo criativo dela <3

      Excluir
  19. Oi
    Super legal conhecer um pouco mais do processo criativo. Confesso que não conhecia o livro, mas achei a premissa bem legal. Com certeza deu um trabalhão para criar algo com tantos elementos.
    Espero ter oportunidade de ler.
    Adorei o post.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo dia dá um trabalhão! hehe
      Muito obrigado <3
      Beijos!

      Excluir
  20. Nossa, acho que você será um acréscimo muito bem-vindo a esse cantinho. Seja muito bem-vindo e esperarei ansiosa por seus posts.

    Amei seu post e achei o seu projeto gráfico incrível. Quanto talento hein?

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, obrigado! Tomara que goste dos posts <3 beijo!

      Excluir
  21. Oiee, Meus parabéns!!! Espero poder acompanhar seus textos, já vou te catar no whatpadd! Bem vindo e muito sucesso <3

    Bjs

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jani! Ai que bom, espero seus comentários lá! Beijo!

      Excluir
  22. Olá!
    Poxa,que legal a sua história, de como tudo começou. Aos 8 anos!
    Muita gente cria um mundo com personagens e tal, tipo o seu, mas não consegue passar pro papel(tipo eu).
    Gostei de saber um pouco mais sobre você.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sempre a gente consegue colocar no papel, mas quando surgir a história certa pode deixar que vai fluir facilmente! Muito obrigado ;)

      Excluir
  23. Olá, tudo bem por aí?

    Eu também adoro escrever e desenhar e quero muito um dia poder publicar algum de meus livros. É muito bom ter um diamante bruto, como você disse e poder ir lapidando-o aos poucos. Ele já era perfeito enquanto bruto e à medida que é lapidado, fica cada vez mais incrível. Parabéns por suas obras!

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só manter a persistência, Gelydson! E vai longe! Muito obrigado, abraços!

      Excluir
  24. OOi!
    Seje bem-vindo! Acompanharei seus próximos post. Se for à altura desse, está ótimo. haha

    Que com que a criatividade saiu do controle, não é? Assim, saiu para o papel.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Catrine, obrigado! Tomara que os posts atendam sua expectativa <3 beijoo

      Excluir
  25. Seu processo de criação em forma de brincadeira também era meu modo de extravasar do local onde eu estava, era guerreira, princesa, assassina, todos e um ao mesmo tempo. Você foi para a escrita, eu também... Mas para o RPG. Depois que o descobri, nada mais me parava! Devo muito da minha boa escrita aos intermináveis jogos!

    Tenho muita vontade de ler seus livros, parecem incríveis! Simplesmente amo fantasia!

    Sucesso!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que incrível, Priscila! Sério, nada como carregarmos essas influências de criança até hoje. Nos torna pessoas criativas e com um olhar delicado pro mundo. Que bom que gostou :3 Abraços!

      Excluir
  26. Olá! Que bom que agora você vai postar semanalmente, e que você vai alternar as semanas com leitura e processo criativo. Bacana que esse universo chegou em você quando ainda era bem novinho. Um máximo você ter começando a colocar sua criatividade no papel, pela foto você desenha muito bem. Mais máximo ainda é que todo esse processo tenha se tornado livro físicos, parecem bons, amei as capas e o nome. Irei dá uma olhadinha no Wattpad. Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Dayane <3 Fico extremamente feliz que tenha gostado, sério!
      Hoje em dia perdi o dom do desenho UHAUHUAHA me viro, mas saudades da época em que eu consegui produzir legal nessa parte. Espero que goste da história ^^

      Excluir
  27. Oie,

    Que legal ter aumentando sua participação pra semanal.
    E que capa linda, amei. Não conhecia, e fiquei curiosa.

    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  28. Oie
    Poxa que legal esse seu processo criativo ter se iniciado na infância... Imagino como seus pais ficaram doidos, mas com certeza hoje são orgulhosos de você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Oi Delson, muito legal conferir como foi o início do seu processo criativo. Suas inspirações foram desenhos que eu assisti na minha infância, adorava Cavaleiros do Zodíaco e Caverna do Dragão. Eu também gostaria de ter brincado até os 14 anos, e achei fantástico você usar a escrita como uma forma de colocar no papel o que imaginava. Começar com oito anos não é nada simples. Parabéns!

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Eu amo ler sobre as inspirações e as ideias dos autores. Foi maravilhoso poder conhecer um pouco do seu trabalho e adorei saber que você escreve desde sua infância, isso é maravilhoso. Eu nunca tive coragem de colocar minhas ideias para fora. Parabéns pelo trabalho e a capa do seu livro é linda, a história parece ser incrível.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.