sábado, 7 de janeiro de 2017

Resenha (3/150): A Vadia, de Gislaine Oliveira #EuLeioBrasil


Sinopse: Esta não é uma história de amor comum, destas que você está acostumado a ler. Existe a menina boazinha? Sim! O menino bonzinho? Sim! A menina invejosa que quer separar os dois? Claro! Então o que é que esse livro tem de tão especial? Você já vai descobrir. 
Esta história não será contada por um narrador desconhecido, nem pelo casal apaixonado. Contrariando todas as expectativas dos românticos de plantão, quem contará a história será ela: A Vadia. 
Apresentações não serão necessárias. Você já conhece A Vadia. A garota alta, loira, peituda e fútil. Ela é a rival, a arqui-inimiga da garota tímida e do bem por quem o cara se apaixona. A piranha que dá em cima do mocinho e que também abandona um namorado só porque ele é pobre. 
Você já conhece esta trama. Mas deve saber que toda história tem dois lados. Você já conhece um. Agora vai conhecer o outro! 


Esqueça toda essa história de romances clichês, esqueça o casal bonzinho e a vilã malvada que os quer separar. Chegou a hora de você conhecer o outro lado da história. Chegou a hora, de conhecer o lado dA Vadia. E cuidado, você pode mudar toda sua maneira de pensar. 

De uma forma ousada e assustadoramente perfeita, Gislaine Oliveira te faz ver que nem tudo é o que parece, e que não existe alguém totalmente ruim ou totalmente bom, e que a mulher que separa um casal, também ama e também tem uma historia 

Publicado em E-Book na Amazon, A Vadia não é um romance clichê, diferente disso ele muda nossa maneira de pensar, ele nos faz ver que tudo pode ter uma explicação, e que nenhuma pessoa merece sofrer preconceito.   

Sammy era uma garota como outra qualquer, que vivia uma grande amizade com Hique, que acabou virando um grande amor e também sua perdição. Por uma mentira, ou confusão do destino, ela acaba ficando com a fama de Vadia no seu circulo de "amigos" e se torna vitima frequente de bullying. Afinal uma mentira, pode destruir qualquer pessoa, se a verdade não for procurada. 

A personagem é uma mulher forte, e aguenta todas as mentiras e ataques que são impostos a ela. Mas que por dentro, é corroída com cada acusação. O livro de Gislaine, nos faz refletir como muitas vezes, julgamos alguém pelo que veste, pelos amigos que tem ou até mesmo pela forma de falar. Quantas vezes, não achamos uma mulher Vadia por estar vestindo roupa curta? Quantas vezes não taxamos alguém de vadia por ter muitos amigos homens ou por estar em uma festa?  

Sammy é uma dessas, que por mentiras, injúrias e difamações é taxada de Vadia. E esse preconceito a acompanha durante toda a história, nos fazendo ver como isso é mais comum do que imaginamos.  

Gislaine deixa claro, que a personagem foi criada para tratar do preconceito que muitas mulheres sofrem por suas atitudes ou por sua forma de vestir e/ou de se comportar 

A VadiaSerá que a nossa sociedade, não é a culpada pelas escolhas erradas de muitas pessoas? Será que não taxamos alguém de vadia, por um conceito de roupa ou forma de se comportar que julgamos correto ou errado? Quantas mulheres não sofrem por isso, e acabam se afundando cada vez mais? 

Será que não é hora, de taxarmos menos, e compreendermos mais? 

A Vadia, de Gislaine Oliveira, te fará ver, que a vilã, não é tão vilã assim. E que a mocinha, não é aquele posso de bondade que quer passar. Este livro te fará mudar de opinião. Te fará ver o mundo, com outros olhos. 

18 comentários:

  1. Own!!!!!!!
    Preciso dizer que AMEI essa resenha? Precisa? Então lá vai... EU AMEIIIIIIIII <3 <3 <3
    Muito obrigada por todos os comentários =D Fico imensamente feliz que tenha curtido essa história. Eu me apaixonei por ela assim que a ideia surgiu, mas confesso que sempre bate um certo medo quando você lança alguma coisa muito diferente. Mas fico muito feliz em perceber que minha garota está sendo bem recebida <3 E agora só falta aquele livro físico divoso pra ficar perfeito hahahah
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nem preciso dizer que tenho muita curiosidade de ler esse livro da Gis e com essa resenha, minha curiosidade aumentou ainda mais.
    Já está na minha lista.
    Parabéns Gis, te desejo muito sucesso florzinha😊❤

    ResponderExcluir
  3. Olá, Mairton! Tudo bem?
    Gente, que mara! Gostei bastante do estilo deste livro, é realmente bastante diferente do que estou acostumado a ler e por isso me senti interessado para conhece-lo. Conheço essa autora a um tempinho, porém ainda não li nada dela. Espero conseguir brevemente!

    Abraços,
    Lu | justificou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Nossa que foda essa sua resenha. Esse já é a segunda que leio do livro e também repleta de elogios. Já conheço a escrita da Gislaine de outro livro dela que li ano passado, e confesso que achei muito boa. Essa sua chamada de ver as cosias com outros olhares me deixou mais curioso ainda para ler. Até mais ver
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oie amore,
    Esse livro está em minha lista de desejos há algum tempo.
    E lendo sua resenha me deu ainda mais vontade de ler. Tô precisando ler livros que não sejam clichês.
    Já li muitas resenhas positivas, quero muito ler.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    adorei e já quero ler, inclusive já coloquei na minha lista de desejados. Já li algumas resenhas sobre este livro e todo mundo fala muito bem.
    Nunca li nada dela, mas será o primeiro certamente.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Menina, eu vou passar longe desse livro. Odeio quando tem personagens piriguetes e que se acham as gostosonas. Capaz de odiar ela mais ainda hahahaha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não resisti e já baixei o livro na Amazon. Desde a época de divulgação que estou de olho nele. Sem dúvida que rotulamos os outros sem nem mesmo conhecê-los, mas não acho que isso influencie em suas decisões. Quero ver como a autora vai contar a história sob o ponto de vista daquela que não é a mocinha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Que resenha mais amorzinho!
    Já li esse livro e nossas impressões são bem parecidas, exceto que eu achei a personagem forte ao extremo, mas idealizada demais. Acho que a verdade é que eu queria ser como ela.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Esse livro me fez lembrar muito o filme A Mentira, que eu adoro. Já tinha visto essa capa, mas não tinha parado para ler a sinopse. Achei bem interessante a premissa e leria com certeza. Vou adicionar a lista e procurar na Amazon para ler.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. OOi!
    Quero muuuito ler esse livro!
    Além dos ótimos comentários que tenho visto, a premissa é maravilhosa. O livro parece retratar muito sobre a sociedade em que vivemos, principalmente sobre os rótulos.
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    ótima resenha!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  12. Só pelo título eu já não leria esse livro, não gosto de nomes pejorativos para rotular pessoas. Mesmo que, pelo que você relata da história, ela luta contra esse esteriótipo, o título ainda não me agrada.

    Gosto de mulheres fortes, que lutam contra a maré. Mas esse ue não sei se o leria, embora sua resenha esteja excelente e positiva.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  13. Estou desde que soube sobre o livro com vontade de ler. Ainda não tinha conferido nenhuma resenha, a sua é a primeira, e uau, o livro parece ser o que eu esperava. Estou ansiosa para ler, pois tenho certeza que vou adorar a leitura. É verdade, e mais fácil julgar do que parar e pensar se aquilo realmente é errado, né?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Oie, nossa que legal a premissa de mostrar o lado do vilão, a maioria dos autores não se arrisca a fazer isso, como nada nesse mundo e preto no branco é super válido conhecer o outro lado!

    Bs

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie
    fiquei curiosa por saber que não é uma história clichê, pelo titulo podemos perceber uma peculiaridade entao estou curiosa para ler e ja vi varias pessoas comentando, bela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá, Mairton.
    O que mais gostei nesse livro foi justamente a Gih trabalhar desconstruindo estereótipos impostos pela sociedade. Ela nos faz refletir sobre coisas que já estão tão naturalizadas que nós nem paramos mais para pensar criticamente a respeito.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  17. Ja comprei o meu livro no kindle e ja ja começo a leitura, ja estava na expectativa com a historia e depois da sua resenha mais ainda
    Que lindo a gislaine ter trabalhado um assunto tão forte e presente na nossa sociedade que é o machismo

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Uau que livro gostei muito por ele se tratar de assuntos mais adolescentes e falar sobre verdades que não estamos acostumadas a ver por outros olhos, gostei do enredo e de ver que a vilã nem sempre é vilã, assim como a mocinha nem sempre é a mocinha. Gostei muito e espero ler ele uma hora dessas!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.