quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Entrevista: Rô Mierling, Autora de Diário de Uma Escrava

Quem aqui já não ouviu falar ou mesmo já leu Diário de Uma Escrava, da autora Rô Mierling, publicado pela Dark Side? O livro ficou com um status muito alto, depois de ter mais de um milhão de leituras no Wattpad e ser publicado por uma editora de grande renome.  

Diário de uma Escrava
Sinopse: Laura é uma menina sequestrada e jogada no fundo de um buraco por alguém que todos imaginavam ser um bom homem. Ela vê sua vida mudar da noite para o dia, e passa a descrever com detalhes sinistros e íntimos cada dia, cada ato, cada dor que o sequestro e o aprisionamento lhe fazem passar. Estevão é homem casado, trabalhador, pai de família, mas que guarda em seu íntimo uma personalidade psicopata. Ele percorre ruas e cidades se apossando da vida de meninas ainda muito jovens, pois dentro de si uma voz afirma que é dele que elas precisam. Mergulhando fundo nessa fantasia, ele destrói vidas, famílias e sonhos, deixando atrás de si um rastro de dor e morte.  Narrado em parte em forma de diário, o livro acompanha mais de quatro anos da vida de Laura em um buraco embaixo da terra, período em que algo dentro dela também se modifica de uma forma inimaginável em busca da única maneira para sobreviver. Publicado originalmente na plataforma digital Wattpad, onde já teve mais de um milhão e meio de leituras, DIÁRIO DE UMA ESCRAVA apresenta um retrato duro, cruel, abominável, mas infelizmente corriqueiro no Brasil e em todo o mundo.  Através de Laura, raptada ainda adolescente por um homem que ela chama de “Ogro”, a autora denuncia os diversos tipos de violência que muitas mulheres são obrigadas a suportar em silêncio e nas sombras da sociedade. O “Ogro”, um homem aparentemente comum, honesto e “acima de qualquer suspeita”, mantém Laura presa em uma casa afastada, onde abusa dela sexual e mentalmente, alegando ser ela o seu verdadeiro amor. Laura, compreensivelmente, só pensa em escapar dali. Mas agora ele parece estar mudando. Será que é o melhor momento mesmo para fugir?... Bem, isso você vai ter que ler para descobrir. 

Então, entrei em contato com a autora e ela gentilmente concedeu uma entrevista para este blog, e demonstrou toda sua simpatia e vontade trabalhar para o crescimento da literatura nacional. Rô Mierling, ou melhor, Rosana Mierling é um de tantos exemplos que nossos leitores tem o mesmo ou até mais talentos que autores estrangeiros. 

Gaúcha, escritora, ghost writer e pesquisadora acadêmica há mais de dez anos. Autora de contos, poesias e crônicas, publicou Contos e Crônicas do Absurdo e organizou a antologia Amor e Morte, entre outros livros.   A escritora recebeu vários prêmios literários e atualmente é coordenadora do grupo literário “Antologias Brasileiras” que tem como missão divulgar o trabalho de escritores brasileiros iniciantes.   Prêmios recebidos:  • Destaque Literário com o conto “Trocados que valem ouro” e a crônica “Marcas de caráter” – maio/2014 - 20º Concurso Internacional - Academia Literária Internacional Alpas 21.  • 2º lugar no III Concurso Literário "O Velho Matemático" com o conto “O Toque da Chuva” – agosto/2014.  • 3º lugar no Prêmio Literário Internacional Buriti 2014 com a crônica "Cidade Bipolar" – setembro/2014.  • Destaque Literário com o micro-conto de humor “Vampiro Banguela” – setembro/2014 - 4º Concurso de Microcontos de Humor de Piracicaba - SP.  • Destaque Literário com o conto "O Bilhete" – outubro\2014 - 2º Concurso de Contos de Santo Angelo – RS.  • Melhor conto publicado em 2014 com o conto “Desencontros” - dezembro/2014 - Câmara Brasileira de Jovens Escritores.  • Destaque literário com o conto ‘No Jardim da Ilusão” – dezembro/2014 - Premio Feiticeiro das Letras.

Vamos conferir a entrevista? 

A

STC - Qual foi sua inspiração para escrever o livro? 

Rô - A vida real, a banalização do sexo, o incentivo ao sexo sado e a quantidade de meninas desaparecidas que ninguém se importa.  
  
STC - Como você se sente, tendo seu livro publicado por uma grande editora nacional? 

Rô - É uma luta, tanto para chegar na editora e outra luta para se fazer reconhecer.  
  
STC - Como surgiu a Rosana escritora? 

Rô - Escrevo desde o ano 2000. Comecei com pequenos artigos científicos, em seguida passei a ajudar amigos, professores e escritores em pesquisas para conteúdos literários e científicos. Eu morava em Brasília - DF, fui convidada a desenvolver discursos políticos, e em 2002 um professor de Direito me pediu para ajudá-lo a escrever um livro, sendo contratada como ghost writer dele. Desse momento em diante profissionalizei minha escrita, fiz cursos, me dedicando integralmente a literatura, tanto ficcional quanto científica. Em 2005 comecei a escrever contos, participando de concursos literários e conseguindo sucesso em muitos deles. Em 2010 escrevi meu primeiro livro, e depois vieram outros. Em 2013 organizei minha primeira antologia com novos talentos da literatura e passei a fazer parte de muitos projetos literários.  E hoje a literatura é grande parte da minha vida. 

STC - Como está lhe dando com toda a repercussão deste lançamento? 

Rô - Tranquilo, espero que o livro leve sua mensagem muito mais além.  
  
STC - Depois de O Diário de Uma Escrava, o que podemos esperar de você? 

Rô - Em janeiro/fevereiro lanço um livro pela Editora Abril,  junto a equipe da Revista Mundo Estranho, para o final de 2017 quero lançar Cicatrizes da Escravidão, a continuação de Diário de uma Escrava.  
  
STC - Como você vê a literatura nacional atual? 

Rô - Um turbilhão de altos e baixos. Desafios, muitas gente escrevendo e leitores querendo cada vez mais o que a mídia oferece, então as vezes, verdadeiros escritores não conseguem destaque. É uma luta constante.  
  
STC - Suas considerações finais. 

Rô - Acredito em uma literatura que muda vidas. O conhecimento, fatos, enredos, pessoas cidades, palavras, verbos, tudo que a literatura tem é benéfico para mudar uma vida, acrescentar conhecimento, lazer, estimular a imaginação, a criatividade, fazer sonhar, fazer acreditar, fazer entender vida, sonhos e principalmente realidade. Então vamos procurar LER mais e sempre mais, de preferencia leitura de conteúdo. 


42 comentários:

  1. Olá
    Realmente já ouvi falar muito bem desse livro e inclusive gostaria muito de poder conferir a trama. Achei maravilhoso que você conseguiu uma entrevista com a autora. As perguntas foram muito bem elaboradas e as respostas dela ficaram demais. Achei muio legal porque, na verdade, eu só sabia um pouco do livro, mas nunca tinha lido nada da autora.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá ♥
    Bom já ouvi falar do livro, e pela premissa parece ser muito bom. A capa está maravilhosa toda bem trabalhada nos detalhes. Gostei muito de conhecer um pouco mais da estória da autora. As respostas dela foram maravilhosa.Gostei de saber que a inspiração dela veio da vida real. Sucesso para a autora, pois ela merece ♥
    Parabéns ao blog, pelas perguntas bem elaboradas e por nos apresentar a autora . Beijos

    ResponderExcluir
  3. Essa semana uma amiga postou em um grupo sobre um livro dessa autora. Lembrei pela capa.
    Realmente o entrar no mercado editorial é difícil porém se manter é uma luta.
    E muitas vezes é mais pelo amor, pq infelizmente no nosso país ainda não dá pra viver pelo menos com a maioria dos autores é assim.
    Gostei muito da entrevista.
    Parabéns!

    Bjs

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. "Um turbilhão de altos e baixos. Desafios, muitas gente escrevendo e leitores querendo cada vez mais o que a mídia oferece, então as vezes, verdadeiros escritores não conseguem destaque. É uma luta constante." Nossa, amei essa resposta, pois conheço alguns escritores que dizem o mesmo que ela! Sem falar que as editoras andam dando mais oportunidade a youtubers e deixando os verdadeiros escritores de lado.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Eu tenho até medo de encarar os livros da Darkside. Grandes edições e pouco conteúdo - pelo menos foi o que encontrei nos últimos lidos.
    Mas fiquei ansiosa com a sinopse dele, então provavelmente aproveite alguma promoção. Vai demorar, eu sei, mas uma hora vai.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Rô!!!! Sucesso!!! Continuação de Diário de uma escrava ?????? Já quero! Mandando mensagem pra Darkside books em 3,2,1...rsrs Um livro de muito conteúdo reflexivo, de mudar vidas com certeza. Aprender e rever seus preconceitos. Entender o outro lado. É um livro chocante. Abraços!!!! Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  7. Ah, falando em livro novo, tomara que seja pela darkside. Amo eles. Livros muito lindos e com muito conteúdo maravilhoso. Claro que cada um tem sua preferência né rsrs mas não tem como não tirar lições maravilhosas de um livro lindo por dentro e por fora como esse. Ro Mierling, a melhor escritora na melhor editora!

    ResponderExcluir
  8. Sou fã da autora. Adorei "Diário de uma escrava", mas tenho outros livros dela também muito bons. Parabéns pela entrevista!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Este livro está entre os meus desejados do Skoob. Me apaixonei não só pela capa, mas essa trama tão impactante que ela nos oferece. Sem falar que tem o selo de ouro DarkSideBooks, garantia de capa dura e capricho extra. Ansiosa pra comprar e ler. Adorei a entrevista, uma autora reconhecida por todos, que lutou e conquistou seu céu. Ela merece.
    bjos
    Ni
    Cia do Leitor

    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Estou louca para ler esse livro, vc não faz ideia do quanto! Amei conhecer um pouco mais sobre ela e sua obra. Desejo todo sucesso a ela.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  11. oie, bacana a entrevista com a autora. Ela escreve a bastante tempo e que bom que agora finalmente chegou o reconhecimento para ela. Bacana também que ela já tenha previsão para continuação do diário de uma escrava, assim os leitores poderão esperar com data marcada. Estou muito curiosa para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu conheço a Rô e acompanhei todo o processo de publicação no wattpad e espera por uma editora. Realmente ela teve seu trabalho reconhecido depois de tantas lutas. Amei a entrevista, foi muito boa, curtinha, mas excelente!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Olá, que legal saber o ponto de vista e o processo criativo da autora. Não sei se leria no meu atual momento porque me pareceu ser um livro muito pesado, embora devo ressaltar a importância e a atualidade da temática que ela abordou. Parabéns à Ro Mierling pela determinação em tornar pública esta história e ao blog pela entrevista! Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que tema pesado!!! Eu confesso que nem consigo ler livros assim, me sinto muito mal e triste, então evito :( Mas Parabéns pra autora que conseguiu escrever essa obra! Flores no Outono 

    ResponderExcluir
  15. Já tinha visto a capa do livro por aí, mas não sabia nem do que se tratava e nem que a autora tinha saído do wattpad! Uau!
    Fiquei curiosa pra ler, pois a achei bem simpática e desejo muito sucesso pra sua carreira!
    Parabéns pela entrevista!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  16. Recebi essa semana o livro da editora, e mal posso esperar para ler. Adorei poder conferir a entrevista e conhecer um pouco mais da autora. Deve ser uma leitura muito intensa, e eu gosto desse tipo de história, estou empolgada!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Estou louca para ler esse livro desde que a DarkSide disponibilizou a informação de que publicaria. Mais do que verdadeiro a autora ter baseado a vida real, pois a trama - pela sinopse, se assemelha muito com a realidade.
    É bacana saber que ela está tranquila com relação a repercussão do livro e isso só mostra o quão madura ela é.
    Desejo muito sucesso a ela.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  18. OOi!
    Raramente me interesso pelos livros da editora pois, apesar de amar as edições, os gêneros que a DarkSide mais aposta são terror/suspense/horror, gêneros que fujo. kkkk Mas há alguns, como esse, que chamam minha atenção por serem diferenciados.
    Gostei bastante da entrevista, parabéns!
    Muito sucesso a autora, espero que seus leitores consigam captar as mensagens que ela quis passar.

    ResponderExcluir
  19. Oi
    Bem legal a entrevista!
    Eu não sabia que a autora era gaúcha! Quero muito ler o livro, meso sabendo que é bem forte e impactante!
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    achei bem legal a Darkside lançar uma autora brasileira, mas esse livro é muito pesado pra mim.
    concordo com a autora sobre a questão do mercado e sobre a literatura mudar vidas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi
    gosto muito dos livros da Dark Side, mas confesso que esse é um dos nacionais que menos despertaram meu interesse em fazer a leitura. Achei bem interessante a entrevista, a premissa do livro parece ser bem inovadora, mas não me senti muito impelida a mudar de opinião.
    abraço.

    ResponderExcluir
  22. hi baby, tudo em? parabéns pela entrevista, a autora parece ser bem decidida, ainda não li seu livro mas já quero fazer fazer isso! desejo muito sucesso para ela

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Oie, tudo bom? Gostei muito da entrevista e conhecer um pouco mais a autora e sua obra. Quero MUITO conferir essa obra. Acho que apesar de ser bastante forte ele tem uma mensagem muito importante para passar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Eu adoro a Rô e desejo tudo de bom sempre para ela! Esse livro parece ser maravilhoso e extremamente tocante e real, tenho muita curiosidade para ler e dar a minha opinião, farei isso muito em breve!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Eu estou com MUITA vontade de ler esse livro. A edição é perfeita, assim que der eu vou comprar! Eu não li no Wattpad porque não curto a plataforma, mas sempre soube da popularidade do livro.
    Adorei a entrevista e nem sabia que Diário de Uma Escrava ia ter uma continuação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Parabéns por abrir esse espaço para que possamos conhece mais a autora. Esse livro tem sido muito falando e estou realmente curiosa em conhecer mais. Gostei bastante da entrevista. A autora parece ser muito sincera no que acredita e bem direta também. Gostei muito de saber mais.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  27. Eu acho esse livro muito realista e até tenho curiosidade para ler, mas não tenho estômago para isso, com certeza é muito sofrimento!!! É um alerta e como a autora disse, espero que ele leve a sua mensagem muito mais além. Acho a Rô uma pessoa muito simpática e uma profissional muito talentosa. Gostei bastante da entrevista.

    ResponderExcluir
  28. Desde que li a sinopse fiquei muito interessada em ler, não sabia que tinha no Wattpad, não tenho o app no celular e vejo muito pouco pelo pc, senão já teria lido.
    Achei super interessante o que a inspirou escrever este livro, em um mundo onde a apologia ao sexo exacerbado, banalizado enfim, um livro que mostra a realidade trazendo uma mensagem de alerta.
    Minha próxima leitura com certeza vai ser Diário de uma escrava.
    E amei as considerações finais da autora e peço permissão para colocar na minha página no Facebook, dando os devidos créditos, é claro!
    Bjs e Feliz Ano Novo! Sucesso ao blog e a autora!

    ResponderExcluir
  29. Concordo com ela que a literatura que muda vidas é a que mais merece ser valorizada, e não duvido que Diário de uma escrava se encaixe nessa categoria. Infelizmente, não tenho estômago para um livro desses, muito menos se parar para pensar que é extremamente provável que muitas das garotas que desaparecem com certeza têm destinos parecidos ou até piores. Gostei muito da entrevista.

    ResponderExcluir
  30. Oie
    uau eu estou louca para ler esse livro da autora e não sabia que teria continuação, gosto do gênero que a autora se dedica e espero amar a narrativa dela, muita sorte nesse novo ano para suas publicações e carreira

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. oiii, amei ler esta entrevista. Terminei de ler hoje Diário de uma escrava e nossaaa. Choacante, real e sensacional a coragem e abordagem. Fiquei feliz em ler mais da autora. Desejo muito sucesso. E que venha mais livros por aí.

    ResponderExcluir
  32. Oi, tudo bem?
    Eu acompanhei o burburinho pela blogosfera sobre esse lançamento. Essa é uma grande editora, por isso uma grande conquista para a autora. Fiquei muito feliz por ela. Achei muito importante o tema que ela escolheu, é um fato que nos assusta muito e não vemos nada sendo feito. Concordo com a autora, acredito realmente que um livro pode mudar vidas. A entrevista ficou ótima, desejo muito sucesso à autora.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro por ai, mas nunca parei para saber mais sobre ele e nem sobre a autora, por isso fiquei bem animada com seu post. Bom, antes de tudo devo comentar que gostei muito da sinopse do livro. Sobre a entrevista, gostei bastante das respostas da autora e deu para perceber que é um livro sério que quer passar uma mensagem importante, por isso fiquei ainda mais animada.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  34. Eu quero muito ler esse livro. Achei uma grande responsa a autora ter conseguido publicar sua obra pela Darkside. Sobre a entrevista achei ótima a escolha das perguntas, e super concordo com a Rô sobre o cenário da literatura nacional atualmente. Ótimo post, Parabéns!

    ResponderExcluir
  35. Nossa, que bacana, ela conseguiu uma ótima editora pra publicar seu livro.
    A proposta é bem densa, um tema bem real infelizmente, não sei se terei estômago, coragem pra encarar essa leitura, mas não digo que está descartada...sou curiosa rsrsrs.
    Não conhecia a autora, mas desejo todo sucesso e espero que sua mensagem com esse enredo seja entendida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Olá!
    Tudo bem?
    Que legal essa entrevista. A DarkSide tem dado espaço para muitos autores brasileiros de um tempo para cá e mesmo não tendo lido o livro ainda, vi apenas boas recomendações sobre ele.
    Adoro entrevistas assim com os autores, principalmente os nacionais, para que possamos conhecê-los melhor. Fiquei impressionada com o currículo da Rô.
    Bjs

    ResponderExcluir
  37. Mairton, tudo bem?

    Que entrevista mais bacana! Parabéns pelo belíssimo trabalho!

    Concordo com muito do que a autora falou, principalmente que muitos leitores acabam consumindo o que a mídia vende, e nessa deixando de lado autores fantásticos, mas menos conhecidos. Reflexão para o próximo ano, hein?

    Beijo,
    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  38. Quero ler esse livro do tempo do wattpadd mas até hoje não tomei a bela vergonha na cara, fiquei bem feliz quando vi que a autora conseguiu a publicação dele numa editora como a dark side, e adorei conhecer mais sobre ela e sobre os planos futuros da mesma.

    ResponderExcluir
  39. Já ouvi falar desse livro! A entrevista ficou ótima, parabéns!

    ResponderExcluir
  40. Oi Mairton, já li muitos comentários positivos sobre a Rô Mierling e suas obras. Espero poder conferir logo. Parabéns pela entrevista!

    ResponderExcluir
  41. Ja o vou ter agora em Janeiro.Pedi a um amigo para me comprar,é mais facil para mim comprar assim,pois vivo em Portugal

    ResponderExcluir
  42. Ja o vou ter agora em Janeiro.Pedi a um amigo para me comprar,é mais facil para mim comprar assim,pois vivo em Portugal

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.