quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Livros Inesquecíveis: A Marca de Uma Lágrima, de Pedro Bandeira (1985)

Resultado de imagem para livros inesqueciveis

Olá meus amados e amadas, hoje é o dia da coluna que tanto, que uso para recordar e reviver boas leituras que fiz nos meus anos de vida. Só lembrando só tenho 26 anos... Estava eu hoje, remexendo os meus livros, quando encontrei o titulo que escolhi hoje e que o li várias vezes durante minha adolescência: A Marca de Uma Lágrima, de Pedro Bandeira.  

Veja Também:


Resultado de imagem para a marca de uma lagrima

Com o Amor no Coração... e com a morte na alma.
Em meio a tantos romances clichês e com histórias água com açúcar que tem surgido nos dias atuais, este livro traz um romance forte, verdadeiro e avassalador.  

A Marca de uma Lágrima é um livro infantojuvenil de Pedro Bandeira publicado em 1985 pela Editora Moderna. 

É uma livre adaptação da obra Cyrano de Bergerac, de Edmond Rostand. 

"Pode uma menina de 14 anos apaixonar-se de verdade? Pode qualquer jovem de 13, 14 ou 15 anos amar verdadeiramente alguém?

O livro fala da vida de Isabel após ir numa festa de aniversario de seu primo Cristiano e se apaixonar por ele, apesar de ele gostar de sua amiga Rosana. O livro trata de como Isabel lida com isso e como ela ajuda os dois lados desse amor escrevendo poemas para trocarem entre si, mesmo contra sua vontade. Não bastasse isso, Isabel é testemunha de fatos estranhos que envolvem um assassinato. A ideia da morte começa a tomar conta do seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano. 


Imagem relacionada

Um livro cheio de momentos marcantes e por que não dizer emocionantes, A Marca de Uma Lágrima traduz a forma poética que Pedro Bandeira tratar um amor, mesmo envolvendo um mistério em nenhum momento o livro decai do tema principal. 

Acompanhamos a evolução de um amor e da própria Isabel que tem que lidar com seus sentimentos e os segredos que o acompanham. Além de Isabel, temos personagens fortes no enredo: 

Resultado de imagem para a marca de uma lagrima

Isabel: A personagem principal, que se acha feia e conversa com seu "inimigo", o seu reflexo no espelho. Ela é uma excelente aluna em redação. 

Cristiano: Primo da Isabel e a pessoa que Isabel gosta, apesar de ele gostar de sua melhor amiga, Rosana. 

Rosana: A melhor amiga de Isabel. Ela gosta de Cristiano e não parece notar que Isabel também. 

Fernando: Um amigo de Isabel que tem uma queda por ela. Ele teima em chama-la de "Ilusão" por causa de uma coisa que Isabel falou quando o conheceu na festa de aniversario do Cristiano. 

Dona Albertina: A diretora obesa que dirige a escola de Isabel. Ela diz que está fazendo um regime, mas ela come doces escondida. 

Adelaide: É a tia de Isabel e a mãe de Cristiano. 

Professora Olga: É uma a professora de filosofia de Isabel. Ela gosta de discutir sua matéria com os alunos. 
Resultado de imagem para a marca de uma lagrima tumblr
A primeira edição do livro foi feita em 1985, e de lá pra cá foi um recorde de vendas na nossa literatura. Pedro Bandeira deveria ser lido e seguido por muitos autores que "tentam" escrever romances hoje mas se perdem em muitos clichês e enredos iguais, onde apenas encontramos mocinhas frágeis, homens que amam do nada e cenas e mais cenas de sexo implícito ou explicito. Pedro Bandeira mostrou e ainda mostra que um romance não precisa ser hot ou cheio de fatos previsíveis para fazer sucesso. 

Resultado de imagem para a marca de uma lagrima

 E você já leu A Marca de Uma Lágrima? Se não o leu, leia logo, e veja um autor se deleitar por uma história totalmente incrível e imprevisível 

"Por acaso você deve se apaixonar pelo compositor se a música dele o ajuda a conquistar a namorada? Ou pelo pôr-do-sol quando as cores criam o clima certo para que ela diga sim?" Pág. 171


41 comentários:

  1. Olá
    Eu tenho quase a sua idade, e realmente há leituras inesquecíveis, por mais que a gente tenha lido faz algum tempo. Compreendo que os detalhes da história podem sumir da nossa memória com o tempo, mas o fato de termos gostado mesmo, nunca vai desaparecer. Lembro que li A marca de uma lágrima também e que adorei! Tenho mesmo vontade de ler novamente esse, entre muitos outros!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    embora o autor seja um clássico da literatura, a escrita dele não é algo que me atrai. Lembro que li livros dele para o vestibular, tem muitos anos já.
    No entanto, preciso concordar com você, o livro é de 1985 e não perde conteúdo. Já ultimamente só vemos mais do mesmo, que cansa demais.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Como pode eu não ter lido esse livro. Sabe que eu costumo me manter afastada dos romances água com açúcar, mas pelo visto esse romance vale a pena colocar na lista de leitura.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Olá, nunca li Pedro Bandeira. Simplesmente não nos encontramos nas livrarias da vida. Já li vários elogios. Se algum dia tiver a chance, vou aproveitar. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Nossa eu não tinha lido esse livro, mas a sua resenha me deixou muito interessada na leitura. Se e conseguir a obra, vou ler sim, depois comento com você minhas impressões. Obrigada pela dica. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Mairton, não sei se o post faz parte de uma coluna (se não faz, por favor, inaugure essa coluna de livros inesquecíveis), mas fiquei encantada com a forma como você me fez relembrar esta história, lida a tanto tempo, mas ainda quentinha no meu coração. Eu tenho ainda o meu exemplar de 1988 (que velharia) e pretendo reler em breve. Adorei a forma como você descreveu cada personagem e apesar do livro ter sido lançado a tanto tempo, julgo ser uma leitura bem pertinente aos dias de hoje.
    Amei
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Sempre vejo pessoas indicando esse livro, falando do quanto maravilhoso ele é, de como a história os tocou e etc. Porém, nunca senti vontade em ler essa obra, até já tentei ler outras coisas do Pedro, mas para mim não funcionou, simplesmente a leitura não engrenava :/ Mas, fico feliz que esse livro seja tão marcante para ti :)

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa eu ainda não conhecia nenhum desses livros confesso, quando mais nova eu não era de ler, nao curtia. Mas essa coluna eta linda. Me deixou curiosa com os títulos da imagem. Da forma como expôs ela. Adorei parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ahhh esse livro comprei pra minha filha mais velha ler! Adorei ver essa resenha aqui e agora!

    ResponderExcluir
  10. Sou fã de Romances e já li alguns livros do Pedro Bandeira, sou fã da escrita dele mas é difícil eu ver algum livro dele a venda. Adorei sua resenha e me deixou com muita vontade de ler sobre esse Romance, ainda mais com um mistério meio. Ótima ideia essa coluna pro blog. Parabéns, bjs

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Nossa, sempe tem algum livro que nos marcam né? Eu lembro que cheguei a ler A Marca de uma Lágrima, mas não me recordo de tantos detalhes da história. Fiquei com vontade de ler novamente, para eu me lembrar de tudo.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Não sou fã de romances e não sou muito chegado a clássicos da literatura nacional (não é preconceito, eu leio e muito livros nacionais), só não me interesso muito pelos clássicos mesmo.

    ResponderExcluir
  13. O Pedro Bandeira é bastante conhecido e aclamado mas quando eu penso nele só lembro de livros paradidáticos e eu fico um pouco receosa. Não gosto dessa coisa de ler obrigada rsrs Gostei de sua resenha por outro lado. Me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  14. Olá! Eu só tenho uma coisa pra dizer: eu só descobri o que significa chorar por um livro, uma história, depois que li esse livro, lá em 1900 e lá vai bolinha, já q o livro é mais novo q eu. 😂😂😂
    Eu ia dizer só uma coisa, já falei um monte, mas vale deixar mais uma fala: vou reler o livro, necessito!
    Bjk
    Até a próxima

    ResponderExcluir
  15. Olá, tenho que admitir que nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas pelos seus comentários fiquei mega curiosa para lê-lo e saber como o autor conseguiu trabalhar o enredo para ficar tão único como parece que é pelos seus comentários *-*

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá, achei muito legal essa coluna, ainda não a tinha visto aqui no blog. Eu não conhecia o livro e pela maneira que você falou dele eu tenho certeza de que é uma leitura intensa e envolvente, mas eu não consegui me interessar para ler. Até achei a trama interessante sim, mas acho que não estou no momento certo para ler romances entre adolescentes, posso me irritar, não com a infantilidade porque acredito que não seja esse o caso, mas ando muito radical e adolescentes com toda essa intensidade em um relacionamento não é algo que eu veja como sendo natural. Eu nessa idade ainda pensava em boneca (olha, não sou velha, só um ano mais velha que você)

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Também gosto de relembrar livros que li há um tempo, mas não tenho uma bagagem tão grande assim.
    Gostei muito da sua postagem e foi muito bonito ver essa questão da nostalgia e da sensação gostosa que você, aparentemente, teve quando leu o livro. Ainda não li nada do Pedro Bandeira - me julgue - mas tenho curiosidade. Gostei muito da premissa desse livro, a obra me pareceu ser bem interessante, surpreendente e inovadora e isso foi um ponto extremamente positivo.
    Vou anotar a dica e espero ter impressões parecidas com as suas.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  18. Olá!! :)

    Acreditas que não conhecia este livro?? A serie, quer dizer, pela forma como falaste, e um livro bastante conhecido (e se foi aos tops de vendas..)! :)

    Gostei de ler a resenha e fico muito contente que tenhas gostado de fazer a leitura!! :) E que teve cenas marcantes e mesmo emocionantes!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  19. Oiee, tudo bem? Que post lindo! Eu nunca li nada do Antonio Bandeira e morro de curiosidade com A Marca de uma Lágrima! Tanta gente ama essa leitura! Também tenho alguns livros que me marcaram de certa forma, e vez ou outra me pego relendo <3
    beijos!!

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu tenho este livro há tempos na minha lista, mas ainda nao li, acredita?
    Adorei sua resenha! Adoro esta temática e gostei muito das suas fotos
    Já tive o prazer de encontrar o Pedro Bandeira na Livraria da Vila,a qui em Sp. Ele estava passeando e vendo alguns livros também. É muito simpático :)
    Bjs

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Que homem! Dele eu li A Droga da Obediência e O Mistério da Fábrica de Livros. E é impossível não amar! Bem que alguma editora poderia republicar, pois essas obras são difíceis de achar...

    ResponderExcluir
  22. Oi!

    Acho essa coluna muito bacana! É uma pena que a de hoje eu não conheça o autor, e nunca tenha lido nada dele. Mas confesso ter interesse e curiosidade. Talvez agora que eu sou uma pessoa mais velha e adulta eu consiga entende-lo. Adorei o post!

    beijos =)

    ResponderExcluir
  23. oie, eu já li a marca de uma lágrima, há anos e acho um livro ótimo. Concordo com você que alguns autores poderiam aprender um pouquinho com o pedro bandeira. Deu até vontade de reler.

    ResponderExcluir
  24. Oiii!!

    Nunca li a obra ainda, maaaaas sempre vejo críticas positivas e gostei da sua resenha, então vou tentar de adiar a leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Se alguém passou pela infância/adolescência sem ler algo do Pedro Bandeira, tem que voltar porque passou errado hahaha são livros para todas as idades e uma recomendação certeira! Guardo a maioria dos livros que marcaram minha vida desde pequenininha e tenho vários títulos dele. Adorei a postagem, achei bem nostálgica <3
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  26. Que delicia relembrar um livro que li a tanto tempo atrás...
    Não lembro muito das minhas opiniões quando li o livro a primeira vez - e sua postagem me fez lembrar que o mesmo acontece quando tento lembrar de Pollyana...
    Acho que está super na hora de ler novamente - para relembrar todos os detalhes da história e ver como me sinto agora, depois de tantos outros livros lidos depois desse.
    Adorei sua resenha :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  27. Oii!
    Ainda não li esse livro, mas já conhecia a história do Cyrano de Bergerac e sou apaixonada por ela desde criança, assim como você. Por ser uma história muito próxima, imagino que esse livro te traga a mesma nostalgia que eu sinto por enredos melhor desenvolvidos e que fujam dos clichês. Concordo que hoje em dia os livros parecem todos meio iguais e eu sinto falta de narrativas mais inteligentes. Não tenho certeza se já li algo do Pedro Bandeira, mas só pela sua resenha, já fiquei com muita vontade de procurar o autor e investir em algum livro dele :))
    Beijos!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  28. Pedro Bandeira sempre foi um dos meus autores nacionais preferidos na infância e adolescência. Faz muitos anos que não leio um livro do autor, e sua resenha me trouxe um ar de nostalgia que deu até vontade de ler. Abraços

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que nunca li nada desse autor, mas tenho uma certa curiosidade e fiquei animada com essa dica de hoje. Eu sempre procuro encontrar romances imprevisíveis e mais avassaladores, sabe? Por isso gostei da dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  30. Olá!!!
    Nossaaaaaaaaaa li esse livro a muuuito tempo na escola,adoro os livros do Pedro Bandeira,deu até uma saudadezinha dessa época ^^
    Preciso reler novamente pois não lembro de quase nada da estória!!! O livro que eu tinha era com essa capa igual ao seu!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/11/resenha-sua-espera-abbi-glines.html

    ResponderExcluir
  31. Olá! Eu já conhecia esse livro da minha época de escola, mas eu nunca tive vontade de ler, romances sempre me afastaram, pode ser que agora eu com certeza leria, porque estou em outras vibes, que não época não estava, ainda que eu não goste de romances. Se eu tiver a oportunidade, lerei esse livro. Ainda mais que amo livros mais antigos.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  32. Olá.
    Esse é um clássico da literatura infanto-juvenil. Acho que muitos adolescentes se identificaram ou se identificam até hoje com a Isabel.
    Acho que uma das melhores partes do livros sã os poemas que ela escreve, que no fundo, sintetiza bem o sentimento de muitos jovens.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  33. Olá!
    Eu nunca li esse livro. Aliás, nunca li nada do autor justamente por todas as suas obras serem lotadas de poesia, coisa que eu não gosto muito e me faz desanimar da leitura. Mas gostei de você ter colocado no post também as capas das outras edições, achei uma simplesmente linda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Oiii!!
    Esse livro, eu lembro de uma amiga minha que leu. Mas do Pedro Bandeira, eu li o livro "Prova de Fogo". Eu amei tanto esse livro, que reli várias vezes na época. A escrita do autor realmente é incrível. Se surgir a oportunidade, vou ler esse também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Oie!
    Nossa eu li esse livro quando era mais nova, mas nem me lembrava mais da história e ler sua resenha foi como reviver memórias esquecidas no meu inconsciente.
    Pedro Bandeira realmente escreve lindos livros.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  36. Oi, como está?
    Li esse livro há muitos anos e confesso que não tinha ideia de que ele era uma adaptação e releitura de "Cyrano de Bergerac" embora eu sempre tenha achado ele bastante profundo para uma leitura voltada ao público juvenil. E me obrigo a confessar que não lembrava do quão lindo ele sempre foi. Boas lembranças que me trazem felicidade. Obrigada, moço!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. OI, tudo bem?
    EU nunca li nada de Pedro Bandeira, mas com certeza deve tem seu diferencial diante de tantas obras previsíveis atuais, se bem que amo obras previsíveis.
    Gostei da sua dica e leria o livro. Dou muito valor a esses livros.

    ResponderExcluir
  38. Oieee,
    Menina faz tanto tempo que eu li esse livro que te confesso que lembro vagamente da história, mas lembro que amei a leitura. Tenho uma edição com essa mesma capa da sua, pretendo relê-lo um dia, assim como incentivar a minha filha a ler.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  39. Oie,tudo bem? Não me lembro de ja ter ouvido falar sobre o livro, mas lendo os posts e alguns comentários vejo que ele é bem querido. Vou procurar pra ler!

    ResponderExcluir
  40. Caramba! Não era nascido, só em 1989 rs. Mas adorei seu post e legal de saber que livros assim continuam fazendo sucesso no meio dos leitores. Mas fiquei curioso e vou ver se encontro esse livro na biblioteca da cidade.

    ResponderExcluir
  41. AAAAAAAAAAAH <3 Me senti extremamente feliz quando vi o título do livro do post: A Marca de uma Lágrima foi o meu primeiro livro da vida! Me lembro quando era bem pequena e frequentava a biblioteca da escola, por algum motivo me senti atraída pelo título, e a partir daí esse livro se tornou muito especial pra mim, pois foi "meu primeiro contato" com a literatura de forma consciente. Simplesmente lindo <3

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.