terça-feira, 22 de novembro de 2016

Entrelinhas: 7 Dias Para Se Apaixonar - Parte 5

Olá,galerinha! Tudo bem?
Primeiramente, quero me desculpar por não ter postado nada na coluna semana passada. Infelizmente tive alguns imprevistos que tornaram difícil realizar a publicação. Mas agora está tudo certo e tem capítulo novinho pra vocês!
Entretanto, antes de o lerem , quero aproveitar para agradecer o carinho de cada um de vocês; adoro acompanhar os comentários, apesar de nem sempre conseguir responder a todos.Aproveito o espaço também para explicar que Sete Dias para se Apaixonar está sendo publicado com exclusividade aqui no blog, mas posteriormente estará disponível no Wattpad; para aqueles que têm me perguntado por que não público na plataforma, quero lhes informar que publico sim, lá vocês podem ler integralmente alguns textos meus – Perdida em seu Coração e Contos do Destino já estão disponíveis por lá (@suellenmendestavares). E, como disse antes, vocês podem estar acompanhando minha novela Sensações... na página da Revista Digital Mklay.
Agora, chega de papo... Desejo a todos uma ótima leitura!
  

Sexta-feira
Eu ainda não estava acreditando no modo como as coisas terminaram na noite passada. Aquela que era para ter sido uma noite de entrega, tornou-se vazia depois que a Mel havia partido. Eu não compreendi quase nada da conversa fragmentada que a ouvir ter com o ex, porém algumas partes ainda martelavam minha cabeça. Pelo que entendi, o Sérgio ameaçava tirar-lhe a filha, mas o que ele poderia fazer de fato sobre isso? Em meio ao desespero, Mel havia mencionado umas fotos – “ sim, eu lhe dei as fotos, mas...” – essas foram as suas palavras; porém a que ela se referia? Que fotos seriam essas? Eu ainda não sabia, contudo estava disposto a descobrir.
Decidido, cheguei ao escritório e me dirigi à sala de meu pai.
- Posso entrar? – perguntei logo após bater em sua porta.
Ele estava absorto em uma ligação, de modo que nem percebeu minha presença.
- Acalme-se, filha. Sim, você fez bem em ter me ligado. Não se preocupe, eu tratarei disso para você... Mesmo assim, se ele as usar podemos contestar e entrar com um processo por danos morais... Eu entendo que o estrago já estaria feito, mas... Acalme-se, Mel. Ele não vai tirar a menina definitivamente de você.
Assim que o ouvir falar o nome de Mel meu instinto superprotetor veio à tona.
- Pai, deixe-me falar com ela.
Ele apenas me olhou confuso e a ouviu falar algo mais.
- Filha, verei o posso fazer e volto a falar com você... Tudo bem. Nos vemos mais tarde.
Quando ele desligou, o enchi de perguntas.
- O que está acontecendo? O senhor deveria ter me deixado falar com a Mel?
O olhar questionador e a perspicácia dele me fizeram perceber que meu pai havia matado a charada.
- Então você é o homem com quem ela está saindo?
- Sim, pai. Sou eu. Mas isso não vem ao caso agora. A única coisa de que preciso é entender o quê está acontecendo e o quê o infeliz do ex-marido dela está aprontando agora.
- Meu filho, é melhor você se manter longe de tudo isso. Você não sabe com quem está lidando. Essas pessoas são perigosas.
- Sério isso, pai? O senhor realmente acha que irei me acovardar e deixá-la sozinha nisso? Que fotos são essas? O que ele tem que pode ser tão sério assim?
- Vinicius,... – eu percebi que ele freou o que ia me dizer – acho que é melhor você perguntar diretamente pra ela.
- Pode ter certeza de que o farei.
E com isso o deixei para trás.
Enquanto caminhava, tirei o celular do meu bolso e comecei a discar o seu número. Porém Mel não atendeu a nenhuma das minhas seis ligações. Minha ansiedade era tanta que não pude ficar no escritório, entrei em meu carro e dirigi até o teatro, pelo que me lembrava ela teria um último ensaio esta manhã antes da apresentação que aconteceria à noite.
- Ela não virá agora de manhã. – falou o diretor de cena não muito satisfeito com isso. – Parece que teve um problema com a filha, ou algo do tipo...
Resultado de imagem para casal amando

Nem o deixei concluir, minha cabeça dava voltas. Instintivamente entrei em meu carro e fui ao apartamento de Mel. Toquei a campainha insistentemente e não obtive nenhuma resposta. Onde ela havia se metido? O único lugar aonde ainda não a havia procurado era na casa que herdara de seu ex-marido, então fui para lá. O mesmo segurança que nos recebeu na quarta-feira estava de prontidão.
- Bom dia, gostaria de falar com a Mel.
- A senhora não se encontra. – a voz do homem era cortante, e completamente desprovida de emoção.
Eu duvidava que ele fosse me ajudar, mas mesmo assim arrisquei.
- Por favor, caso ela apareça, me avise. Preciso muito falar com ela. – pedi ao lhe entregar meu cartão.
Ele leu atentamente as informações contidas ali.
- Pode deixar, doutor.
Apesar do tom sarcástico, algo me dizia que aquele homem iria me ajudar. Voltei ao escritório ainda mais angustiado do que quando sai dali naquela manhã. Ao perguntar pelo meu pai, descobri que ele havia saído para um encontro de negócios e que avisara não ter hora para voltar, inclusive todos os seus compromissos da tarde haviam sido desmarcados. Sem muita paciência para aquilo, encontrei-me com dois clientes durante a tarde; porém minha concentração estava toda em querer entender o que estava acontecendo com Mel. Fui ao teatro esperando encontrá-la, já que aquela seria a noite de estreia de sua peça, mas ela havia sido substituída por outra atriz. A coisa estava ficando cada vez mais confusa...
Precisava colocar a cabeça em ordem, então fui ao Pub. Assim que cheguei ali, Pedro veio me cumprimentar.
- E aí, Vini?! Cadê nossa ruivinha?
- Eu bem que queria saber. – falei ao pegar a caneca de chopp que Marta, uma das baristas me trouxe.
- O que houve? – meu amigo perguntou ao perceber que eu precisava desabafar.
Contei-lhe sobre tudo o que havia descoberto a respeito de Mel. Falei-lhe sobre sua filha e o ex-marido.
- Caramba! Bem que a Thaís falou que a Mel era a ex-nora do prefeito. Eu achei que ela estava louca, porque vamos combinar que a sua Mel não é um exemplo de recato como todos sabíamos ser a jovem submissa que pousava nas fotos com esse tal de Sérgio.
- Pois é. Só que é ela mesma. Espera, você disse que a Thaís te contou que a Mel era a nora do prefeito?
- Sim. Acho que foi na quarta à noite. Cara, ela tava puta contigo e disse que ia ter volta.
- Mas que merda...
Levantei-me para ir atrás da minha ex, eu tinha certeza de que havia o dedo podre da Thaís por trás de toda essa história, mas nem precisei ir muito longe. Assim que me virei a vi saindo do escritório de Pedro. Caminhei com determinação e a levei novamente para dentro.
- Ei, por que tudo isso? – ela perguntou com os olhos arregalados devido ao susto de me ver tão fora de mim.
- O que você fez? –perguntei sem prestar atenção ao tom de voz que estava usando.
- Não estou entendendo.
- Então deixa ver se te explico... Quero saber o que você fez para me afastar da Mel? O que você falou para o ex-marido dela?
- Eu? Você deve estar louco... – dava para ver o teatro se desenvolvendo a minha frente, que bom ela ser uma péssima atriz.
Thaís se aproximou e passou os braços pelo meu pescoço.
- Você acha mesmo que eu iria perder meu tempo com aquela miniatura de desenho animado? Faça-me o favor... -  e em tom de sussurro, aproximou-se de minha boca, momentaneamente me desmontando - Sou muito mais eu.
Os lábios de Thaís estavam próximos aos meus, mas um toque insistente de celular me despertou daquele desatino.
- Alô?
- Oi, Vini.
- Mel? – desprendi-me de Thaís e foquei minha atenção naquela voz que tanto ansiei ouvir.
- Soube que você me procurou...
- Sim. Te liguei várias vezes, fui ao teatro, ao apartamento e até à casa da Alameda Maués, mas não consegui falar com você. O que houve? Por que você foi embora daquele jeito?
- Eu... O Sérgio me ligou ontem, e ele sabe sobre nós dois. Olha, eu preciso te explicar algumas coisas, mas não dá pra ser por telefone.
- Tá. Me diz onde você está que irei até você.
- Não, deixa que eu vou. Pode ser no seu apartamento?
- Claro, Pimenta. Estou indo pra lá agora mesmo.
- Está bem. Em meia hora eu chego.
- Certo.
E sem mais, ela desligou. Olhei para Thaís que me olhava com extremo desgosto e a sobrancelha erguida em sinal de desaprovação.
- Então é isso? Você me acusa e depois vai embora desse jeito?
- Olha, Thaís, me desculpa. Mas eu preciso ir.
- Sério, V? Eu signifiquei tão pouco para você a ponto de me substituíres com tanta facilidade?
- Você não sabe o que está falando. Eu te amei demais, só que agora as coisas estão diferentes, eu já te disse isso antes.
- Por causa dela? – seu tom de voz era fraco, como se ela estivesse finalmente compreendendo as mudanças diante de si. Não havia raiva naquele momento, apenas decepção.
- Sinto muito.
Ela me encarou e suas lágrimas me arrasaram. Permanecemos nos encarando por um tempo que não consigo precisar ao certo quanto, até que finalmente ela saiu.
Respirei fundo e limpei a umidade em meus olhos. Precisávamos daquele encerramento e agora eu iria virar essa página de minha história.
Resultado de imagem para casal amando
Após chegar ao meu apartamento a ansiedade me dominou. Onde ela estava? Por que ainda não havia chegado? Consultei o meu relógio e vi que havia se passado quase uma hora desde que Mel me ligou. Eram 23:59h quando a campainha tocou. Ao abrir a porta, senti meu peito afundar. Os olhos de Mel estavam vermelhos pelo choro e em seu rosto os rastros deixados por  suas lágrimas eram visíveis. No entanto, ao senti-la contra o meu corpo ao me abraçar foi como se tivesse reaprendido a respirar e inalei a suavidade do aroma tão familiar de seus cabelos. Ela estava em casa e haja o que houver não irá mais passar por esse problema sozinha.
- Senti sua falta! –ela sussurrou.
- Eu também senti. – respondi antes de me perder em seus lábios.

( Continua...)


29 comentários:

  1. Eitaaaa... que já ta acabando!! O_O
    Não creio!! Mal vejo a hora de conferir os próximos capítulos.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíssa! Está acabando Sete dias para se Apaixonar, mas em breve a história de Mel e Vini continuará na sequência Um Romance Inesperado.

      Excluir
  2. Enviamos um convite para o teu email :)

    ResponderExcluir
  3. Olá, depois vou procurar o início pra não subir no trem andando!

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Cada capitulo me deixa ainda mais curiosa.
    Preciso dizer que você é muito talentosa, tem uma escrita muito envolvente que realmente prende o leitor de uma forma muito boa. Não sou fã do gênero, mas não consegui parar de ler. Espero que seu livro seja um sucesso ainda maior no Wattpad. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Que comentário maravilhoso! Fico extremamente feliz por minha escrita ter lhe envolvido! 😍 Digo amém às suas palavras!
      Beijinhos, flor!😘

      Excluir
  5. Eita que continuação maravilhosa essa, estou esperando a próxima já! ótima postagem e desejo muito sucesso a você.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, minha flor! Em breve teremos capítulo novo. 😘💋

      Excluir
  6. opa pelo visto as coisas estão caminhando bem nesse final né? pessoal que acompanha deve tá alucinado.
    gostei da sua escrita.
    beijos e até a próxima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Alice!
      Final se aproximando e a ansiedade aumentando!
      Beijos, flor!

      Excluir
  7. Olá Suellen,

    Quando vi que era a 5ª parte, dei uma olhada superficial e corre para ler as outras. Estou encantada com a Mel e o Vini. É uma pena que já esteja acabando. Gostei muito da sua escrita e vou dar uma olhada nos seus outros textos no Wattpad. Continue sempre escrevendo <3

    Ansiosa pela próxima parte.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Bella! Também sou apaixonada por esses dois. A partir do dia 05/12, Sete dias para se apaixonar estará disponível no wattpad também e ficara ainda melhor para rever os momentos desses dois. Espero que também se sinta envolvida pelos próximos capítulos.
      Beijinhos!

      Excluir
  8. Wowwwwwww estamos quase lá, estou adorando acompanhar seu trabalho e vou seguir no whattpad tb rs.
    Espero que seja todo um secesso, vc merece. Escreve muito bem.

    ResponderExcluir
  9. Gostei bastante, apesar de não ter acompanhado desde o início, adorei. Vou procurar o inicio da historia! Parabéns pela escrita. Beijos

    ResponderExcluir
  10. E já está acabando???
    E eu tive que pular a postagem pois perdi alguns capítulos nesse meio tempo que não apareci aqui. Vou lá ler o que faltou para depois ler esse aqui - que pelas imagens me parece ter ficado interessante *-*
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oie
    não acompanhei do incio mas o pouco que li parece ser bem interessante, esse tipo de historia é gostosa para passar o tempo, parabéns pela escrita

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? Confesso que não acompanhei todos os capítulos, mas o final parece estar se encaminhando muito bem. Fiquei muito interessada em ler mais.

    ResponderExcluir
  13. Vocês vão publicar o livro inteiro aqui no blog? nossa.
    Bom é interessante para quem curte o estilo, desejo sucesso,.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Nossa, fiquei meio perdida porque comecei nessa parte, mas adorei o que você escreveu, parabéns! Você tem muito sucesso pela frente, talvez deveria considerar publicar em forma de livro mesmo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Vou começar dando os parabéns, admiro muito quem escreve. Acho mágico o poder de criar histórias e envolver tantas pessoas. É o primeiro capítulo que leio e já curtir. Mas vou procurar os outros para entender a trama melhor. Sucesso!

    beijos

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo livro! É bacana para quem deseja acompanhar o desenvolvimento da história. Caí de paraquedas nesse capítulo, mas deu para sentir a tensão da protagonista em ter a filha (talvez) tirada dela porque o ex-marido poderoso descobriu sobre seu novo romance.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  17. Eu venho aqui, comento, mas ler desde o começo que é bom, necas. Ai, ai, Carolina! Prometo que não encerro o ano sem me atualizar, ok?De verdade. Pelo que li até agora, curti bastante! Sucesso e que você continue sempre.

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  18. Oi Suelen, sua linda, tudo bem?
    Esse é meu primeiro contato com a história, pequei ela no meio do caminho, risos... Mas você conseguiu me deixar bem curiosa para saber porque o ex dela está fazendo isso. Que fotos são essas que podem lhe tirar sua filha? Por que ela se separou do ex? No melhor da história você corta, ah, não vale, risos... Parabéns pelo trabalho.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Su, sou nova aqui no Blog e escolhi não ler o post pq quero ler tudo junto. Vou seguir você no Wattpad e esperarei você postar lá ♥

    ResponderExcluir
  20. Oie
    li bem por cima pois não acompanhei desde do inicio mas quem sabe uma hora eu resolva ler tudo desde do inicio e venha a gostar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá! Fiquei um pouco perdido, estou bem no meio da leitura, preciso conferir os anteriores, mas já deixo o meus parabéns, você escreve super bem e já curti. Já estou lendo os outros pra não ficar tão perdido.

    ResponderExcluir
  22. Ola lindona gostei de sua escrita direta, o pouco que li já me deixou curiosa, vou procurar os capítulos anteriores e ler me atualizar com a trama e personagens. Sucesso. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  23. Lembro de ter lido primeiro o fim dessa história e agora é maravilhosos poder conferir mais um pouquinho do relacionamento da Pimenta e do Vini! Já te disse uma vez e torno a falar que te desejo muito sucesso como autora e que estou ansiosa para ver a sua história virar livro! <3

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.