segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Outubro Horror Story: Amitityville - O Livro, O Filme, O Caso Americano e o Possível Caso Brasileiro

Olá queridos leitores darks, hoje é dia 31 de outubro, enfim o dia de Halloween. E também é o dia da nossa última postagem do Outubro Horror Story, uma terrível pena. Passamos o s todo com postagens especiais sobre os livros mais darks e tenebrosos da Darkside Books, e hoje para finalizar com chave de ouro, vou trazer uma grande apresentação de Amityville de Jay Ansonentão senta ai e se assuste com o caso que inspirou o filme e o livro, e um caso que aconteceu no Brasil e que pode estar ligado a historia.  

Amityville - Jay Anson na DarkSide Books

“Para mim, o que existiu nesta casa, foi com certeza de natureza negativa. Não teve nenhuma relação com alguém que em outras vidas caminhou na terra em forma humana. É algo que surgiu das entranhas da terra.”— LORRAINE WARREN —

No sugestivo dia 13 de novembro de 1974, a polícia do condado de Suffolk foi surpreendida por um crime brutal que chocou os EUA e se tornou assunto em todo o mundo envolvendo a pacata família Defeo. Alguns dias depois, Ronald Defeo Jr. admitiu ter matado seus pais e quatro irmãos com tiros nas costas, alegando ter sido influenciado por vozes que ouvia dentro de sua cabeça. O crime chocou a população, que começou a tecer teorias; algumas pessoas estranhavam o fato de que todas as vítimas foram encontradas de bruços, outras questionavam como nenhuma delas acordou com os barulhos dos tiros. Não demorou muito para a casa ser considerada mal-assombrada, virando inclusive objeto de estudo dos investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren. 

Treze meses depois da chacina, George e Kathleen Lutz resolveram recomeçar a vida em uma nova residência que compraram por uma pechincha. Vinte e oito dias depois, os cinco membros da família fugiram aterrorizados, deixando a maior parte de seus pertences para trás. Estranhos eventos começaram a acontecer, afetando a vida dos Lutz e indicando que uma presença maligna habitava a casa. Embora tenha sido amplamente divulgada pela mídia, em especial nos jornais e nas revistas da época, muitas vezes de maneira sensacionalista, a história da casa nunca havia sido contada com riqueza de detalhes — até Jay Anson decidir reconstruí-la e transformar seu livro de não-ficção em um dos relatos paranormais mais importantes e conhecidos de todos os tempos. 

 Crimes Historicos - Horror em Amityville - Foto

Baseado nas experiências sobrenaturais reportadas pelos Lutz durante o mês de dezembro de 1975, AMITYVILLE é um dos livros mais aguardados pelos leitores da Caveirinha. Por isso mesmo, muito mais do que dar apenas aquela demão de tinta, a DarkSide® Books vai fazer uma reforma completa na casa, apresentando a sombria construção em detalhes, do quarto secreto no porão às verdadeiras manchas nas portas e nas paredes escondidas pelas tintas do tempo — tudo exatamente como aconteceu, com todos as entidades e vozes que habitaram o sótão, o porão e demais cômodos da casa —, em uma edição assustadora e com o cuidado quase sobrenatural da editora mais dark do Brasil. 

Funcionários do escritório do médico legista em Amitvylle carregam um dos corpos retirados da residência de Ronald DeFeo. Data: 14 de Novembro de 1974. Foto: © Bettmann/CORBIS.

Adaptada várias vezes para o cinema e contando também com diversos spin-offs, a história de Amityville hoje é amplamente conhecida e é considerada um dos mais importantes relatos sobre casas mal-assombradas da cultura popular. No entanto, diversos detalhes da casa permanecem em segredo. Que presença maligna é essa que estava lá dentro? Só lendo AMITYVILLE para descobrir. As nossas portas estão abertas e vocês são nossos convidados de honra. 


Enquanto isso no Brasil... 

Esse caso pode estar, inclusive, ligado à um dos crimes mais cheio de controvérsias do Brasil: O Caso Família Pesseghini. Onde uma família inteira foi massacrada em um crime que dividiu a opinião pública. 
Entre diversos elementos descobertos durante a investigação, uma imagem chamou a atenção: 

casoamityvillefacebookmarcelochacinareproducao

Em 19 de dezembro de 2012, Marcelo Pesseghini, de 13 anos, que no final do inquérito foi apontado como o assassino da própria família, compartilhou essa imagem do caso Amityville no seu perfil do Facebook com a legenda: "Quando você perceber, terá se cagado de medo..." 

Resultado de imagem para caso familia pesseghini amityville
Resultado de imagem para caso familia pesseghini

Resultado de imagem para caso familia pesseghini amityville

Será que Marcelo teria cometido o crime seguindo a história de Amityviille? Qual a verdadeira história por trás do caso mais famosos dos Estados Unidos e também do Brasil? Entidades Malignas ou apenas o mal que habita no ser humano? 

DarkSide Books

52 comentários:

  1. Olá
    Li esse livro ainda na versão antiga, e é claro que quero essa da Dark porque me apaixonei pela capa, a história é bem simples, algumas pessoas até se decepcionam um pouco, mais eu gostei demais, sei lá enquanto lia parece que tinha mais alguém junto comigo, isso dava um frio na barriga, o que deixou a leitura assustadora, e olha que isso é bem raro comigo, leio terror desde os 12 anos e só 3 me assustaram de verdade e esse foi um deles.
    Que legal a sua pesquisa deu uma boa diferenciada no post, esse caso foi realmente bem controverso, e realmente parece a história dos antigos moradores de Amitville.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu estou mega ansiosa para conferir esse livro, especialmente por tudo que a história representa e adorei poder conferir seu post, me deixou ainda mais animada. Há muito o que se questionar dessa história, mesmo porque não ha nada concreto sobre isso. Por fim.. só nos resta fazer perguntas mesmo.
    Beijos, Fer
    Www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. oie!
    Amityville era o filme que eu e meu irmão mais gostávamos de assistir. Lembro até das vezes que reprisava na Tv com uma dublagem bem esquisita kkkk
    Eu como fã de terror, não posso deixar de anotar a dica e comprar essa versão da Darkside, pois a antiga eu já li.
    E que post! Adorei vc ter falado dos casos aqui do Brasil e dos EUA e as fotos.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Sou medrosa e confesso que quando chegou nas fotos eu passei de olhos fechados, eu detesto esse tipo de leitura, sempre tive medo, mas um amigo já tinha me dito que esse livro da muito medo mesmo, então para ele o livro e fantástico para mim... to correndo direção contraria, kkkk.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Não sou de ler terror, mas este livro aqui eu leria em função da repercussão da história e por aqui assisti algumas coisas relacionados ao enredo e achei interessante. Seu post ficou mega completo e eu nunca tinha pensado naquela família brasileira, que infelizmente morreu em situação tão misteriosa, como um caso parecido com Amytville. Acho que sentirei medo, mas acredito que vale a pena.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Não tenho muita curiosidade com esse livro, nem é por não querer saber mais ou por não gostar do estilo. Amo quando o livro e baseado em histórias reais e tal, mas sei lá, tem algo que não me chama. Acho a capa linda, no momento não leria, mas não descarto a possibilidade de adquiri-lo um dia.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PS - Achei que os retardados no Brasil acreditavam que essa história do menino que matou a família fosse obra de vídeo games... não sabia dessa nova teoria.

      Excluir
  7. Eu acho tudo isso muito sinistro. Não gosto do gênero mas é impossível não ficar curiosa para saber o que realmente terá acontecido.

    ResponderExcluir
  8. wowww que postagem TOP. Parabéns. Confesso que isso me assusta um pouco. Sou muito medrosa e pensar que um ser humano próximo pode, por influencia maligna fazer algo de mal contra outra pessoa me deixa tensa.

    ResponderExcluir
  9. Amityville chocou mesmo a sociedade na época, devido a brutalidade do crime...
    o livro é extremamente perturbador,ainda mais depois dos relatos da Familia Lutz...
    eu lembro do caso desse menino, fiquei sabendo da comparação com o caso americano...

    bjs...

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Eu estou louca para comprar esse livro, pois já conheço a história de Amityville mas gostaria muito de entender melhor esses bastidores e obter mais informações do caso. Espero em breve poder comprar o meu exemplar.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Eu apenas tive a oportunidade de assistir ao filme e estou de olho nesse livro da darkside que é incrível demais, a sua resenha me deixou aqui babando e querendo adquirir o quanto antes a obra já, parabéns pela resenha e adorei as fotos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bom?

    Nunca assisti o filme , mas esse livro da Darkside me parece ser incrível.

    Beijos:*
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi!!
    Eu estou desejando muito esse livro. Não sabia que essa edição traria muitos detalhes a mais, agora que eu tô doida para ler.
    Já assisti o filme várias vezes, só falta agora ler a história na íntegra.
    Não sabia que esse caso do Brasil tava relacionado com isso.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Cruz credo que medo me deu de ler esse post... devorei cada linha, mas fiquei aqui tremendo, ainda mais quando ao final você postou sobre o caso aqui no Brasil o.O
    Eu assisti ao filme Amityville anos atrás, era criança e vou te contar... puro pavor, depois disso evitei a franquia. O livro eu não li, ainda...rs
    Adorei o post, parabéns. Digno de Holloween!
    Beijos
    Viviane

    ResponderExcluir
  15. eu ainda não li a obra mas tá na minha lista, não sei quando irei ler mas espero poder ter a obra porque né? ta linda essa edição.

    ResponderExcluir
  16. Essa é uma das histórias mais conhecidas do gênero, e as incógnitas que existem por traz do que realmente aconteceu nesse caso é o que faz a história ser tão atraente para o público. Lembro que quando ouvi as notícias do caso Pesseghini relacionei na hora com esse caso dos Estados Unidos, para quem já conhecia a história, era impossível não fazer isso. Essa é uma das poucas histórias que realmente me assombram, mas sempre gosto de conferir novidades sobre ela.
    Adorei seu post, bem completo e com informações atualizadas. Parabéns!
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  17. Ai que medo!
    Eu amo histórias de assassinatos reais e relacioná-las à possíveis fenômenos paranormais é melhor ainda. Gosto tanto de histórias de psicopatas no nosso mundo de verdade que sou viciada no canal ID, assisto desde Amor Assassino até Crimes de Primeira página (todos reais).

    Então, quero esse livro pra ontem! <3 Também quero o Serial Killers da mesma editora.
    Abs e parabéns pela resenha (amei as fotos)

    ResponderExcluir
  18. Olá amore,
    Adoro a Dark...
    Post simplesmente sensacional... parabéns...
    Embora eu seja “bundona” até que leria rsrsrs mais por curiosidade que por vontade!

    Beijokas
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  19. Meu deus que post babadeira, que livro babadeira, que casa babadeira KKK, eu vou correr para comprar esse livro, e ainda tomei um susto com a foto ? crê nisso ? seu post me deixou curiosa demais para ler esse livro, não irei sossegar até ter ele nas minhas mãos

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Como vai?

    Eu só conheço a história mesmo do filme, mas estou com bastante interesse em ler o livro, mesmo algumas pessoas dizendo que ele é mal escrito. rs. Não acredito em espiritos e assombrações, mas gosto da maneira como isso mexe com as pessoas. Haha. Adorei o post, fiquei bem mais curiosa para ler o livro.

    Abraço =)

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Menino, quase tive um treco com aquela foto da criancinha na escada, cruzes! Não conheço muito bem a história de Amityville, sei que existe um filme mas nunca o assisti. Fiquei curiosa pra ler o livro principalmente por se tratar de um caso real, o que dá um toque de terror ainda maior à situação contada.
    Parabéns pelo post, ficou cheio de informações interessantes e bastante completo.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  22. Só li metade de sua resenha!!! huahuauhauhauhuahuah
    A primeira parte eu passei direto pra guardar as emoções do livro!! huahuahua
    Esse caso de SP foi realmente sinistro!
    Jamais saberemos o que de fato ocorreu....


    #Ana

    LiteraKaos!

    ResponderExcluir
  23. Fiquei arrepiada com o post, imagina com a leitura do livro? :OO
    Que tenso! hahaha Gosto bastante de histórias paranormais, ainda mais baseadas em fatos reais, então quero muito conferir essa edição da darkside.
    Esse caso do Brasil eu não conseguiria afirmar o que foi, tem tanta coisa bizarra acontecendo ultimamente, que eu acho que é coisa do humano mesmo, não tem nada de sobrenatural. rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  24. Oie,
    Eu sou louca para ler esse livro, amo terror e Amitityville não pode passar batido. Sua resenha está maravilhosaa, com certeza me deixou com mais vontade de conferir essa obra. E, uol, não sabia desse caso brasileiro #chocada...

    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  25. Não acredito em entidades malignas ou seres sobrenaturais, então para mi ambos os casos representam pessoas mentalmente desequilibradas que usam esses seres como desculpas.
    Mas apesar de não acreditar, tenho um fascínio gigantesco por esse tipo de histórias, então Amityville já ocupou várias horas dos meus dias, tanto em pesquisas sobre relatos do que ocorreu quanto em filmes inspirados no caso.
    O livro está na minha lista de desejados e espero poder por minhas mãos nele em breve.

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    li 4 resenhas desse livro essa semana, e sem dúvidas essa foi a que mais me deixou com medo, por também ter uma notícia ligada ao livro, acho que depois disso o medo de ler esse livro aumentou. rsrsr

    ResponderExcluir
  27. Eu não acredito muito nessas coisas de entidade se apossando do corpo de um ser humano, até porque isso é meio que proíbido (religiosamente falando). Ainda assim, essas histórias dão um arrepio sinistro.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá.
    Ai meu core que medinho. Eu sou muito medrosa então quando você começou a falar do caso verdadeiro que deu origem ao livro e sobre um casa parecido aqui no Brasil comecei a tremer de medo. rsrs. Mas apesar de tudo ainda quero ler o livro, sou louca assim rsrs

    ResponderExcluir
  29. Oie... meu Deus que post é esse?
    Eu confesso que sou medrosa demais e que esse não é o tipo de livro que eu leria, mas e essas fotos?
    Essa história realmente é assustadora e demais para mim. Acredito muito nessas forças sobrenaturais e tudo, mas Jesus...
    Me lembro desse caso aqui do Brasil, mas nunca tinha ouvido essa possibilidade de ser forças naturais assim

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Olha, essa sua postagem me deus super medo, ainda mais por essas fotos, sou muito medrosa hahaha Lembro vagamente desse caso no Brasil e que também estavam falando que poderia ser culpa dos videogames e tal, mas acho muito interessante essa teoria de ser baseado em Amytiville, acho até bem mais coesa. Agora, não sei se leio o livro ou não, porque morro de medo hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Olá!! :)

    Eu não conhecia esse livro mas ainda bem que gostaste da leitura! :) Bem, eu não gosto nada de terror, mesmo em tempo de Halloween! :) ahah

    Mas esse caso, so de ler, já me arrepiou... Mas acho que a maldade esta mesmo no ser humano, e de terror (mas não esse!) hehe :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  32. Olá,

    Seu post me deixou muito intrigada! Eu não conhecia a história, mas fiquei ansiosa para ler o livro e o questionamento a ser levantado sobre se há entidades malignas ou apenas o mal do ser humano, é uma dúvida bem provocativa. Sem dúvidas vou querer ler a obra!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  33. Eu lembro desse caso do menino, mas não sabia dessa possível ligação com Amityville, sinistro. Quando o assassino é um adulto a gente não fica tão chocado, mas quando é uma criança? É muito mais chocante, pelo menos eu acho.
    Essa frase da Lorraine no começo da postagem é de dar arrepios! rss

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Estou bem curiosa para ler esse livro, pois acho que ele irá me assustar de verdade.
    Gostei muito da postagem e só agora me liguei com esse caso do Brasil, achei arrepiante, confesso.
    Acho que tudo isso é uma maldade que nasce na pessoa. Não existe uma entidade maligna que possa fazer algo assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Não acredito nisso que diz o quote de que é algo maligno que surgiu das entranhas da terra não... Acho que esse tipo de crime reflete apenas a maldade do ser humano mesmo. Não tenho nenhuma vontade de ler esse livro, não pela coisa de casa mal-assombrada, que até acho que existe, mas não há espírito que consiga nos influenciar sem que demos abertura pra isso. Não quero ler porque deve ser bem violento o relato, não me interesso por isso.

    ResponderExcluir
  36. Olá!
    Fiquei super curiosa para saber se a vida imitou a arte. Eu acho que o que pode ter acontecido é a história ter aflorado a ruindade que já existia nesse ser humano se assim podemos chama-lo. Não sabia dessa relação entre as histórias, mas fiquei super curiosa.
    Beijinhos"

    ResponderExcluir
  37. Oie...
    Achei a temática do livro bastante interessante e com certeza é uma leitura instigante, porém, tudo é meio pesado demais pra mim, então, não é uma leitura que faria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Oieee,tudo bem??? Eu já vi esse filme algumas vezes e tô LOUCAAAAA pelo livro. Na verdade tenho certeza que um dia, a Dark me leva a falência kkkkkkk Olha só, lembro que esse caso do Pesseghini foi associado ao filme na época sim e cá pra nós, tudo que envolve criança é mais bizarro né não? E histórias baseadas em fatos reais sempre me deixam de cabelo em pé, mas de uma forma boa pq AMO terror, #mejulguem kkkkkk Vou aproveitar a promo da Amz e lotar minha estante de Dark, e com ctz esse livro vai estar no meio das minhas comprinhas. Bjosss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Oie
    Postagem maravilhosa a tua. Um nisto de medo com nostalgia por me lembrar dessa leitura e filme. Não sabia dessa assimilação menino! Fiquei passada, é a Darkside sempre nos surpreendendo.

    ResponderExcluir
  40. oi ^^
    sendo bem sincera eu passo longe dessa história e afins pq pensa numa pessoa cagona ygasygg sou eu.
    mas, muita gente recomenda. então quem sabe um dia eu perco o medo e dou uma conferida.

    ResponderExcluir
  41. Olá!
    Acho que só o povo medroso que nem eu se sente aliviado quando acaba essa vibe de filmes e livros de terror por causa do halloween hahaha (apesar de que eu amo o halloween em si). Já conhecia o livro, mas e essa história aqui no Brasil?! :O fiquei chocada! Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  42. Olá!

    Quando eu digo que tenho problemas psicológicos com coisas de terror, ninguém acredita. Juro por todas as coisas sagradas existentes que eu quase chorei quando vi essa última imagem da matéria, acho que essa noite eu não durmo.
    Bem, mal entendido ou não, essas histórias são de arrepiar e eu não estou dispostas a ler esse livro nem se minha vida dependesse disso. Eu não saberia lidar com ele depois. Sua matéria ficou tão bem escrita que me de medo, fique você sabendo. haha
    Parabéns pelo post.

    Até!
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  43. Oie!
    Sou muito medrosa para me aventurar por esse tipo de leitura, mas já conhecia vagamente a história.
    Agora sei mais dela e com certeza ela não é para mim.
    Nossa, esse caso parece mesmo com o caso.
    Que assustador!

    ResponderExcluir
  44. Oi
    Exemplo de como sou medrosa: pulei todas as fotos do seu post! TODAS! Desnecessário dizer que jamais leria esse livro! Não rola! Pulo essa!

    Talita - Viciados em Leitura

    ResponderExcluir
  45. Ola lindona
    Esses casos me dão arrepios de medo, cada história sinistra e apavorante. Esse é um gênero que não costumo ler muito, mas ando curiosa com alguns livros e esse é um deles. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  46. Oie
    adorei o livro, parece ser muito legal, ja vi os filmes e acho a historia bem legal, adoro esse gênero e espero ler esse livro em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  47. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que ultimamente estou mantendo distância de histórias desse gênero, sendo mais específica de histórias desse gênero que são reais. Esse livro eu ja tinha visto por aí, mas nunca parei para saber sobre e apesar de ter ficado curiosa com ele, não é algo que eu pretendo ler agora. Enfim, gostei dos seus comentários sobre o livro e também da relação com um caso brasileiro.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  48. Oi, como vai?
    Meu Deus, ver a história de Amitivylle publicada por aqui é MUITO bafo para uma leitora só! Ainda mais porque apesar de ser tremendamente assustadora, é uma história que não deixa de ser fascinante! E C*R*ALH*, eu nunca imaginei que houvesse essa teoria para aqueles crimes brutais de 2013! Estou chocada e estarrecida.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  49. Olá.
    Gente não assisti nenhuma das adaptações da história. Vou dar uma pesquisada aqui.
    Achei a capa do livro muito linda, agora os casos são realmente sinistro, principalmente esse do Brasil, pois foi aqui pertinho de nós e sempre achamos que isso nunca vai acontecer por aqui. Realmente de dar medo.
    Otimo post.

    ResponderExcluir
  50. Lembro-me do caso de Marcelo, foi bastante chocante. O livro parece ser muito bom, embora certamente seja bem pesado. Pretendo lê-lo, apesar de forte. A capa é sensacional.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  51. Oie
    Eu tô louca por esse livro, já li um monte coisas sobre amytville e assisti vários filmes, quero mais esse a minha lista. Eu lembro do caso do Marcelo, lembro que ficou tudo bem mal explicado na época e havia a possibilidade de ter sido uma queima de arquivo, em se tratar de Brasil não duvido de nada. BEIJOS

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.