terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Autor x Autor: Eleonor Hertzog e Leonardo Barros Dão Suas Opiniões Sobre os Blogueiros Literários


Mais uma vez aqui e como avisei para vocês nas novidades do Blog STC, teríamos a estreia de uma nova coluna: Autor x Autor. Nessa coluna dois autores darão suas opiniões sobre o mesmo tema literário, mais isso sem saberem quem é o outro participante e muito menos saberem qual a opinião dele ou dela. O primeiro tema que escolhi, foi algo que está em constante discussão na blogosfera e redes sociais: Nós, Os Blogueiros Literários. E quem melhor que os autores que fazem parcerias para dar sua opinião sobre o assunto? Os escolhidos foram: Eleonor Hertzog e Leonardo Barros.  Para cada pergunta você lerá as respostas de cada autor da forma que foi enviada para o blog, assim vocês as compara e no final da sua opinião nos comentários.

Obs: As respostas abaixo não necessariamente representam a opinião do autor desse blog, os autores falaram cm liberdade e não houve edição ou intervenção deste blogueiro que vos fala.

Eleonor Hertzog X Leonardo Barros
Tema: Blogueiros Literários

1 - Desejaria Saber o que o(a) autor(a) acha dos novos blogueiros literários que tem surgido.

ELEONOR HERTZOG - Novos blogueiros: bem-vindos! A blogosfera é enorme, tem lugar para todos que quiserem encontrar seu espaço. Todo mundo começa pequeno; o modo como cada um vai tratar e desenvolver seu blog é que faz diferença. Conheci alguns (muitos) blogs bem no início de sua “vida” e tive o prazer de vê-los crescer rapidamente.

LEONARDO BARROS - São muitos, não? Creio que seja importante saber o motivo pelo qual a quantidade de blogs literários tem crescido tanto: por que a atividade se tornou interessante. O mercado literário brasileiro sofreu algumas mudanças nos últimos anos, devido ao barateamento de certos processos de impressão e da publicação digital. Com novos autores pipocando por todo o país, as grandes editoras decidiram publicar um número maior de autores (com tiragens menores que antes). O resultado é uma enxurrada constante de títulos. Lembro-me do tempo em que era criança e via meu pai anotando as dicas de leitura da revista Veja. Era um tempo mais simples em que os veículos tradicionais de mídia conduziam o leitor. Então veio a internet, e todo cidadão passou a ter, à mão, um veículo de divulgação.
O que eu acho disso? Acho ótimo!

2 - Como ele tem contribuído para a divulgação da nossa literatura nacional?
ELEONOR HERTZOG - Importância dos blogs (e aqui vou incluir todos, grandes e pequenos, novos e veteranos) na literatura nacional: simplificando, são essenciais! A mídia convencional só dá atenção aos autores brasileiros depois que eles já são verdadeiras celebridades na blogosfera. É na blogosfera que a maioria de nós, autores nacionais, realmente começa.

LEONARDO BARROS - A publicação das opiniões dos leitores em redes sociais e em blogs acabou chamando a atenção das editoras, que viram naquela sistemática uma forma inteligente e extremamente direcionada de divulgação. A blogosfera acaba servindo como filtro de títulos e ajudando o leitor na escolha dos livros que vai ler. Cada escritor atrai um tipo de blogueiro (que aprecia seu gênero), e cada blogueiro é lido por um público específico, que aprova suas escolhas como leitor e valoriza sua opinião.

Dessa forma, quem divulga sua opinião a respeito dos livros que gosta, ajuda aqueles que compartilham do seu gosto a encontrar as obras de real interesse. Para o escritor, torna-se mais fácil atingir o público alvo. O antigo “boca-a-boca” deu lugar ao compartilhamento, ao retuíte e à curtida.

 3 - Na opinião do(a) autor(a) existem blogueiros que surgem apenas na intenção de receberem livros gratuitamente?

ELEONOR HERTZOG  - Blogueiros que desejam apenas receber os livros de graça: sim, existem. Aliás, estão longe de ser uma espécie rara! Fazem contato, pedem a parceria e o livro... E puf, somem. Como tive problemas recentes com picaretas deste tipo, não vou me estender aqui, ou acabo me excedendo. Como resumo, eles são os representantes na blogosfera literária da Lei de Gérson: querem levar vantagem em tudo. Infelizmente, este tipo de mentalidade egoísta, pequena e desonesta existe em todos os setores de nossa sociedade. E vou parar por aqui mesmo.

LEONARDO BARROS - Sim, acontece. Creio que dois parceiros em dez não honram a parceria (alegam os motivos mais diversos).

Gostaria apenas de fazer uma pequena observação: a parceria é um acordo de cavalheiros, uma espécie de contrato, então o livro não é gratuito. O blogueiro paga pelo livro ao dedicar seu tempo à leitura, à classificação da obra e à confecção da resenha, que é uma peça de mídia (seja ela positiva ou negativa). No último ano, fiz mais de 140 parcerias. E mesmo tendo um índice de cerca de 20% de parcerias não honradas, acho que vale a pena, porque encontrei parceiros que desempenham um trabalho fantástico, além de ter feito muitos amigos.
Mas não se engane: os autores também comentam a respeito dos blogueiros. Tanto enaltecendo os bons quanto alertando sobre os maus parceiros. O blogueiro que não publica as resenhas acaba ficando conhecido.

3 - Como os autores podem identificar blogueiros que realmente querem contribuir para a literatura?

ELEONOR HERTZOG - Como identificar os bons blogueiros/blogs: da mesma forma que se identifica um bom livro, quer dizer, lendo. O número de seguidores, o tempo de existência do blog, o número de comentários e visualizações, tudo isso é importante, mas, para mim, o que realmente faz diferença é a forma como o blogueiro escreve. Se encontro resenhas bem escritas e sem erros de português, se o livro foi bem analisado, bem, esse é um blogueiro e um blog nos quais vale a pena investir!

LEONARDO BARROS - Não há uma fórmula. Creio que o segredo é arriscar, dando preferência àqueles que são indicados por outros autores, que sabem se apresentar e, principalmente, que geram muitos comentários em suas resenhas. O tempo é quem vai dizer quais são os parceiros que você vai manter e quais são os que você terá de dispensar. Tem que arriscar.

Considerações Finais dos Autores:

ELEONOR HERTZOG - Sras. e srs. excelentes blogueiros, nunca comentam o erro de pensar que nós, autores, julgamos todos pelos piores (aqueles que somem, que jamais resenham, não respondem e-mails e até vendem os livros da parceria, com autógrafo e tudo). É claro que esses irritam, e muito, a ponto de a gente rosnar para uma tela de computador! Eles são minoria, sabemos. O problema é que eles nos obrigam a medidas de proteção que acabam englobando todos! Não significa que estamos pensando que todos vocês são iguais; significa apenas que, para ser justo, a gente precisa tratar todos da mesma forma. De preferência, de uma forma que afaste com simplicidade os interesseiros e que mantenha os bons parceiros, aqueles que acabam por se tornar amigos e, muitas vezes, até confidentes! Para minha alegria, encontrei muito mais amigos do que picaretas nesta imensa internet. Os picaretas incomodam. Os amigos compensam amplamente. Os maus somem. Os bons a gente leva pra vida inteira! Vale a pena. Vale muuuuito a pena!

LEONARDO BARROS - Para finalizar, gostaria de agradecer ao Mairton Costa pelo ótimo trabalho na divulgação dos autores nacionais, e a todos os leitores do blog São Tantas Coisas, que dedicaram um tempinho para conhecer a opinião do autor. Convido aqueles que ainda não conhecem meu trabalho a saberem mais a respeito do livro Presságio – O assassinato da Freira Nua e conferir a super promoção de Natal: apenas R$ 9,90 no site da Saraiva ( http://migre.me/gTJu8 ).
A todos, um forte abraço!

Agora é com vocês leitores o que acharam das opiniões dos autores? Em breve voltaremos com mais um Autor X Autor.

8 comentários:

  1. Gostei do post!! Bem legal a temática e a ideia de juntar dois autores para falar sobre um tema. Também adorei a escolha dos autores. Ambos são um amor de pessoa!! Sou parceira dos dois e fiquei muito satisfeita com ambos. Cumprimos nossos acordos, nos conhecemos na Bienal... E só posso dizer que fiquei feliz por tudo!! :D Em especial a Eleonor virou uma amiga também, com a parceria, conversamos, falamos a beça, e estamos "em casa". É maravilhoso quando em meio ao trabalho de divulgação acabamos encontrando amigos.

    Abraços

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    Parabéns pela entrevista.
    Ambos os autores são parceiros do blog e compreendo a posição de todos eles, como sempre falo eles devem procurar saber sobre a pessoa com quem vai fazer parceria.

    Quando eu fiz meu blog eu nem sabia da questão parceria e fui descobrindo este lado pouco a pouco.

    E fico feliz com os parceiros que tenho, apesar de alguns esquecerem minha existência. kkkkkk
    E sempre estou divulgado todos por lá até mesmo o que nunca vou ler. rs

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Que qualidade de post imensurável! Sério. Não tenho palavras para descrever como achei válida a ideia da coluna e grandioso a escolha de tema! Essa discussão é muito importante no Brasil e eu achei a opinião da linda Eleonor e do grande Leonardo essencialmente inteligentes!

    Sou adepto da literatura nacional. Sou parceiro de ambos e só tenho elogios pelo contato incrível que tenho com esses autores!!

    Abraços
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/ (passa lá :)

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Gente, que fantástico!
    Sério, tenho os dois como parceiros e possuem uma característica marcante que me chamou atenção de primeira, o que ocasionou a parceria.Também tenho que dizer que são maravilhosos, tanto como pessoas como autores e ambos desempenham na área de medicina rs.
    São bem confiantes e acreditam em seus potenciais, sim, acreditei de primeira e fechei a parceria. Eleonor sempre uma graça e nunca esquecerei de Tim.... Saudades dele já.
    Leonardo sempre legal e atencioso com cada leitor, nunca esquecerei de que ele me fez acreditar em ser outra pessoa que matou a Vivian até o fim do livro...rs, brincs viu.
    Sim, picaretagem tem demais, tem vários que realmente fazem um blog para conseguir livros, depois Puf! Somem, já vi casos assim, tive parceria entre blogs que fecharam comigo e depois desistiram, excluíram e nem falaram nada... Enfim, como Leonardo disse, arriscar é bom. Também concordo com a Eleonor, ver como escreve e se faz a resenha direitinho é ótimo.
    Sim, sei que os autores chegam até indicar blogueiros dependendo do empenho, caso seja muito ruim, também é falado e saiba que nem são só eles... Os blogueiros também passam,pelo menos já vi alguns reclamarem, nunca tive problema algum, tive grande sorte até hoje rs.
    Os dois foram ótimos em cada resposta, adorei.

    Para terminar, sentindo falta de falar com os dois parceiros rs, a falta de tempo do ano acabou e férias veio finalmente, logo entro em contato para entrevistas.
    Fiquei realmente feliz com o comentário dos dois, adorei a coluna e acompanharei as outras, escolheu dos melhores autores para o começo da coluna (=

    Parabéns.
    Beijos
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá... que postagem marcante ein... parabéns ao blog pela sua idealização da mesma. Tenho o Leonardo, como autor parceiro... uma excelente pessoa e de uma personalidade marcante. Achei incrível a opinião dos dois autores nesse tema proposto, parabéns aos dois... sério mesmo... isso em minha visão é muito importante em saber... porque a parceria é um trabalho mútuo e que deve ser feita sempre lado a lado... Vou fazer um ano no mundo blogueiro e foi a partir desse que me apaixonei mais ainda pela nossa literatura e pela confiança que os meus autores parceiros tem em mim... e eles sabem que podem contar comigo sempre. Xero!!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Bacana o bate-papo. Como autor, há tempos só faço parcerias com blogueiros que aceitam ler meu livro pelo PDF. Ao final, se cumprirem os prazos direitinho, recebem o livro físico. Essa foi a melhor maneira de afastar os sacanas, que não são poucos. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi Mairton eu simplesmente amei esse post.
    É muito bom saber a opinião dos autores em relação aos Blogueiros, e aliás adorei as respostas deles.
    Acho que a questão da Parceria tem que ter comprometimento de ambas as partes, e concordo que tem muitas pessoas que não cumprem com o que foi combinado.
    Parabéns Parceiro!!!!
    Adorei a nova Coluna :)
    Beijos!
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Gostei da conversa. Muito legal e esclarecedora.
    O assunto é atual e de grande valia, pois os blogs se tornaram poderoso instrumento de apoio literário, mas exige atenção antes de se consolidar parceria pois há e sempre haverá os muquiranas. Laia esta que dificilmente perdura por longa data.
    Parabéns ao blog e aos autores participantes.
    Marco Antonio Rodrigues.
    Abraço.
    .

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.