sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Resenha: Linhagens, de Eleonor Hertzog (1º Parte)


Olá amados, é com muito prazer que trago a primeira resenha do blog para o livro “Linhagens”, segundo volume da série “Uma Geração, Todas as Decisões” de Eleonor Hertzog, que será lançado no dia 1º de setembro, da qual já trouxe para vocês a resenha do livro 1 “Cisne” (confira Aqui). Agora vocês devem estar se perguntando, porque primeira resenha de Linhagens? Bem, como achei o livro grandioso tanto em conteúdo como em qualidade resolvi então fazer mais de uma resenha para o mesmo.

Para quem conhece “Cisne” sabe que a historia se passa principalmente no meio de uma família nada comum. Os Melbourne são uma família de cientistas que vivem em um super barco, que dá o nome ao primeiro livro da série, e que vivem grandes aventuras sempre pensando no seu próprio futuro e no da humanidade.

“Linhagens” nos mostra que a família terá que se mostrar cada vez mais unida para enfrentar os novos problemas que irão surgir a medida que mais uma vez adentramos o barco “Cisne”.

Nessa resenha quero destacar as características do livro, principalmente os detalhes da escrita da autora. Mais uma vez pude perceber que Eleonor, preocupa-se muito em ser detalhista, sem deixar a historia arrastada e cansativa. Apesar de também ser um grande livro como seu antecessor, Linhagens é uma leitura dinâmica e ativa que faz com que leiamos cada pagina sem nos deter ao tamanho do historia.
Recebi o manuscrito do livro com bastante alegria e entusiasmo, pois não via a hora de saber como continuaria a grande aventura de “Cisne”, e a cada momento que eu o lia, percebia que surpresas me esperavam e me certificava disso a cada pagina cada capitulo e até mesmo cada dialogo dos personagens. Eleonor Hertzog conseguiu reunir aventura e emoção em apenas uma estória, que nos faz perceber o quanto muitas vezes não valorizamos nosso autores. Eleonor não perde em nada para grande autores, até mesmo de J.K Rowling, grande autora de “Harry Potter”.

Fiquei pensando como Eleonor consegue reunir aventura, ação, problemas familiares e muita emoção em uma única saga, e cheguei a uma conclusão. Querem saber qual foi? Então aguardem a segunda parte da Resenha de “Linhagens”, mas antes para deixa-los com água na boca, deixo um trecho da nova aventura da família Melbourne.


“A água estava repleta do brilho vermelho dos globos, mas, apesar da violência do mar, nenhuma criatura havia se aproximado deles. Estavam protegidos por uma luz branca que falava o que era tão sem sentido quanto as gelatinas vermelhas que matavam...”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.