quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Fala Claúdio: Resenha Crítica Do Livro Réquiem de Thiago B. Lucarini

                                                  Por Claúdio  Quirino


Em minha opinião, Thiago Lucarini é um autor de sensibilidade e carisma. Sem tamanho. Sempre atencioso, o autor consegue preencher um vazio existencial literário e, com isso, desenvolve um enredo eterno, criativo, simpático e, ao mesmo tempo, cheio de simbolismo prático. É exatamente assim que Réquiem é concebido. Através de uma dedicação intensa, compromisso e, acima de tudo, amor pelo que faz.

Thiago – apesar do longuíssimo tempo em que nos conhecemos – não perde a mão, quando pretende dar à sua história um enfoque verdadeiro, palpável e convincente. Aliás, é sempre interessante falar do escritor nacional, porque acabo terminando minhas leituras com uma expressão de mágica surpresa e geralmente fico perplexo com tudo o que se manifesta nas entrelinhas. Então, como não dedicar um tempo para eles, cada um deles, em especial, com seus gêneros diversos? Thiago Lucarini está aqui, ocupando o seu posto e conquistando leitores ávidos para conhecerem o seu trabalho. 

Réquiem atrai, ganha vivacidade ao longo da leitura e vai crescendo, crescendo, até alcançar uma grandiosa idéia para se pensar. É incrível – absurdamente incrível, de verdade – a forma como o autor conduz os trechos, os diálogos, os pontos lógicos em que os personagens se entendem. Da mesma maneira, chamou atenção o modo como tudo é descrito e, aqui, ousaria dizer que o livro merece uma ressalva. Ressalva porque o método descritivo utilizado pelo Thiago é original, bem acertado e afirmativo.

Apesar de ainda ter muito que comentar, o livro termina a sua proposta e entrega um pouco mais de um mundo fantástico, que salta dos olhos dos leitores e encanta como poucos livros conseguem.  

FICHA DE DADOS DO LIVRO:
TÍTULO: RÉQUIEM
AUTOR: THIAGO B. LUCARINI
EDITORA MULTIFOCO (2012; 250 páginas)

2 comentários:

  1. Parabéns ao escritor, que pelo que parece, conseguiu encantar! Narrativas que vão crescendo e amadurecendo na medida em que viramos as páginas são sempre ótimas...

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Claudio Quirino, por suas belas palavras. Grato.

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.