sexta-feira, 31 de maio de 2013

Resenha: O Maníaco do Circo e o Menino Que Tinha Medo de Palhaços, de Leonardo Barros

Já li outro livro de Leonardo Barros, “Presságio – O Assassinato da Freira Nua” (confira resenha clicando AQUI), por isso quando comecei a leitura de “O Maníaco do Circo e o Menino Que Tinha Medo de Palhaços” sabia que ele poderia me surpreender de alguma forma. O livro é cheio de suspenses, mistérios e a cada momento que lemos ficamos pensando o que vai acontecer no próximo capitulo.

O livro não conta apenas à estória de um personagem, porém de vários envolvidos no fim no mesmo enredo: Um garoto que tem medo de palhaços, mas que acaba virando o maior inimigo deles, um maníaco vestido a caráter que ataca meninas indefesas, um policial querendo fazer justiça, uma moça traumatizada com um sequestro do passado. Viu como são vários personagens que podem surpreender a cada momento?

Leonardo consegue prender o leitor, em uma estória cheia de acontecimentos inesperados e criminosos que menos imaginamos. Abaixo cito alguns pontos positivos e negativos do livro:

PONTOS POSITIVOS
1 – O enredo do garoto que tem medo de palhaços e se torna um psicopata fissurado numa “missão” que ele mesmo cria em sua mente, prende o leitor do começo ao fim, sempre nos fazendo imaginar qual será o próximo passo do personagem.

2 – A interligação de várias estórias é um dos pontos fortes do livro, pois conhecemos vários personagens que de alguma forma se encontraram ao longo da historia.

3 – A mente do ser humano é capaz de qualquer coisa para conseguir o que deseja isso Leonardo Barros consegue mostrar totalmente através de acontecimentos surpreendentes.

4 – As ilusões, os sonhos e os pensamentos pecaminosos são mostrados no livro de uma maneira clara e concisa, percebendo que o autor tomou certo cuidado para não deixar a estória sem pé nem cabeça.

5 – A capa e a diagramação do livro é uma arte a mais, já que deixa o leitor curioso e sabendo que aquele livro lhe reserva momentos de leitura cheia de suspense e mistério.
PONTOS NEGATIVOS

1 – o pouco espaço dado ao “Maníaco do Circo”, que eu pensei que seria um dos personagens mais abordados do livro, já que o livro destaca esse nome na capa.

2 – Depois de uma leitura regada de suspense, mistérios e assassinatos, sinceramente esperava um final digno e surpreendente e infelizmente encontrei um desfecho que deixa muito a desejar. Achei que o personagem que foi mais trabalho durante o livro, merecia um final bem melhor do que foi dado.
 

Apesar dos pontos negativos, o livro “O Maníaco do Circo e o Menino que Tinha Medo de Palhaços” é surpreendente, cheio de suspense e muitos mistérios e para os amantes do romance policial é um livro perfeito. 

Um comentário:

  1. Olá!
    Adorei tanto o blog quanto o subtítulo dele: “É preciso que a leitura seja um ato de amor”.
    Parabéns pelo blog, muito bom mesmo.
    http://ocelomoreira.blogspot.com/
    Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.