terça-feira, 16 de abril de 2013

Resenha: O Punhal, Jéssica Anitelli


Tudo bem com vocês leitores? Hoje venho trazendo o fruto da participação do nosso blog no Book-Tour de “O Punhal”, de Jéssica Anitelli. Trago para vocês a resenha desse livro que me fez perder o fôlego a cada capitulo que lia. Mas vou deixar de conversar e trazer logo essa resenha, que deixará vocês com uma vontade imensa de ler esse livro, vamos lá?

Diogo nunca imaginara que sua vida poderia ter uma reviravolta tremenda e que tinha como descendente um vampiro. Ele mora em uma pequena cidade chamada Leme, cuja também é morada da nossa autora Jéssica. A autora percebeu  que colocando sua cidade como sede da historia seria melhor de descrever e estender os cenários daquela aventura.

A vida do nosso personagem muda, quando durante um assalto ele é ferido e acaba recebendo sangue de um vampiro, que sempre fora seu protetor. A partir desse momento ele vê o desenrolar de um novo drama em sua vida, pois agora ele teria que se alimentar de sangue humano, caso quisesse continuar  “vivendo”. Mas aquele não era seu pior drama, pior mesmo era abandonar seu grande amor, algo que ele não consegue, e que mesmo nessa condição e sabendo dos riscos, passa a se encontrar constantemente com sua namorada Júlia. Dai pra frente você pode imaginar o que acontece: lutas vampirescas, segredos descobertos, dramas resolvidos e outros que surgem. Uma história cheia de reviravoltas e acontecimentos surpreendentes.

“O Punhal” é uma boa estória para quem gosta de vampiros, de aventura e de um amor impossível. Não compare a série Crepúsculo, já que vocês podem encontrar semelhanças, porém  “O Punhal” tem sua própria identidade, mostra vampiros em sua real natureza: sangrentos, violentos, mas que também sabem amar.

A capa do livro é uma beleza a parte, já que é muito bem desenhada. A escrita da autora, é bem sucinta e revela tudo com clareza sem usar palavras de difícil entendimento. “O Punhal” um livro que vai te levar a um mundo diferente, de seres diferentes, mais que podem amar como qualquer outro. Leia e Confira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.