sexta-feira, 4 de maio de 2012

Um amor de outrora... - de Mairton Costa


Algum dia
Em algum lugar
Toda alegria ao te ver
Não resisti em te amar



Todo carinho em cada sorriso
Mexeu com o meu coração
Não sei como é o paraíso
Mas foi lá que me senti



Nuvens brancas brincavam no ar
Palavras brandas balbuciei
Comecei a gostar de te amar
E sem medo amei



Em meu coração só você
Tudo fazia para te merecer
Um dia sem te ver
Já era muito para meu coração suportar



Não deixei o tempo passar
Com ele meu amor acompanhou
Tinha muito para conversar
Fazer festas para te receber



Festas de amor e alegria
Meu coração já não era meu
A você ele pertencia
Ainda pulsando em meu peito



Agora, depois de tanto tempo
No meu coração você ainda ocupa espaço
Livre de todas fantasias
A lembrança de um abraço



Você...
Que já teve tudo isso
Não deu valor
E o meu coração submisso...



Submisso aceitou
Agora, para que chorar
O que foi seu outrora
É de quem sabe o que é amar


Sabe o que quer
Tudo para ter o amor daquela pessoa
Que foi um dia
O motivo de toda minha alegria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.