domingo, 29 de abril de 2012

Oração, de Aila Sampaio



Livra-me, Senhor, dessas horas de saudade 
dessas exasperadas horas 
que desafiam os ponteiros 
e se eternizam como se fossem anos. 
Tira-me essa sofreguidão do olhar 
que se demora na lembrança 
do que devo esquecer 
e não permita que minhas inseguranças 
me impeçam de tentar 
o que posso conseguir . 
Que o desengano não tome conta 
nunca da minha alma 
quando não for possível 
atingir um objetivo 
e que eu nunca use armas para mudar 
a realidade que não seja a palavra justa. 
Que os 'apesares' da vida não sejam jamais justificativas 
para desistir de um sonho, 
e que as pessoas que cruzarem o meu caminho 
compreendam que não sou perfeita, 
mas estou em busca de aperfeiçoamento. 
Que eu só guarde dentro de mim 
o que for bom 
e nunca me arrependa do que fiz 
ou deixei de fazer, 
pois o que me motivou foi sempre 
a verdade do meu coração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.